Jovem brasileira ajuda refugiados sírios com cangurus para bebês

Por: Redação

Tendo todos os olhares mundo a fora voltados para a recente discussão e polêmica sobre os refugiados da guerra na Síria, uma brasileira que mora em Dublin, na Irlanda, há 8 anos, resolveu fazer a diferença.

Após a imagem da criança morta na praia chocar o mundo, Anelise Amaral decidiu levar mais conforto aos pais que fazem o árduo percurso por terra ou mar carregando seus filhos.

Como uma Brasileira está ajudando os Refugiados da Síria
A brasileira Anelise Amaral que criou uma campanha para ajudar refugiados sírios

Anelise trabalha com Slings –aqueles cangurus de pano que envolvem os filhos e os deixam atados ao corpo dos pais, trazendo mais conforto e segurança para ambos.

Tudo começou com uma campanha que ela criou no Facebook com o intuito de doar 10% das vendas dos slings para uma instituição que estava cuidando dos refugiados que se encontravam na ilha grega de Cós –sendo a maioria constituída por famílias com muitas crianças. Além disso, ela incentivou pessoas que já possuíam os slings a fazerem uma doação, a qual ela se comprometeria a repassá-los às famílias dos refugiados.

A campanha viralizou e mães de outras cidades da Irlanda se unirem e criaram a Página no Facebook Slings For Solidarity para centralizar as doações. Até o momento, mais de 100 cangurus foram arrecadados. Anelise e outras participantes do grupo estão embarcando para a Grécia para se voluntariar, ajudando os refugiados pessoalmente, orientando-os em como se usa os cangurus, além de oferecer toda a ajuda necessária no local.

Conheça melhor o projeto “Slings for Solidarity” e escute a entrevista na íntegra com Anelise Amaral no PodIrlanda.

Compartilhe: