CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Nova Zelândia seleciona 300 jovens brasileiros para trabalhar e viajar pelo país

Por: Catraca Livre

Em setembro, como têm ocorrido desde 2008, a Nova Zelândia abrirá inscrições para 300 vagas a serem preenchidas por portadores de um passaporte brasileiro, de 18 a 30 anos de idade, e emitirá, para cada um deles, um visto especial de trabalho e turismo no país válido por até um ano.

Tendo o visto em mãos, estes trezentos sortudos poderão passar um ano viajando pelo país e ainda terão o direito de trabalhar legalmente, desde que no máximo por três meses para um mesmo empregador, para sustentar os custos de suas viagens.

Com a quantidade de vagas disponíveis limitada e a seleção sendo feita por ordem de chegada –conforme o preenchimento do cadastro após a abertura das inscrições– ano a ano o processo têm se esgotado cada vez mais rápido, sendo encerrado nas últimas vezes alguns minutos após aberto.

Por conta desta altíssima procura, é fundamental que o interessado saiba o momento certo de enviar sua candidatura e o que fazer durante o processo para conseguir completá-lo rapidamente.

O Vida Cigana é um projeto de viagem por tempo indeterminado do casal Larissa e Carlos que foi iniciado após terem conseguido para si duas destas trezentas vagas em anos anteriores. Em seu blog e no Facebook, eles compartilham dicas fundamentais, a partir de sua experiência, para quem quiser tentar se inscrever neste processo e garantir sua vaga.

Para saber o momento exato da abertura das inscrições e o que fazer antes e durante o processo de candidatura para aumentar suas chances, leia sobre o Working Holiday no Vida Cigana.

E acompanhe o Vida Cigana nas Redes Sociais: FacebookInstagramYoutubeGoogle Plus e Snapchat: vidacigana

Compartilhe:

Tags:#Mundo
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.