Prefeitura de SP entrega terreno para construção de unidade do Sesc Mercadão

Área abrigava os Edifícios São Vito e Mercúrio; Sesc tem doze meses para entregar projeto de ocupação

Por: Redação Comunicar erro
Felix Tansil/ Wikipedia
Região central terá nova unidade do Sesc e projeto de revitalização

No dia 15 de julho, o projeto de lei que cede o terreno em frente ao Mercado Municipal para o Sesc foi sancionado pelo prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT).

O Sesc tem até 12 meses para apresentar um projeto de ocupação do terreno à Prefeitura.

O local abrigava os Edifícios Mercúrio e São Vito, que foram demolidos durante a gestão de Gilberto Kassab (PSD). Hoje, o terreno conta com um estacionamento para clientes do Mercadão.

Revitalização

Caso concretizado, o Sesc Mercadão será o quinta da região central de São Paulo, que já conta com o Carmo, Consolação, Bom Retiro e em breve terá uma unidade na Rua 24 de maio, que está em construção.

A nova unidade do Sesc faz parte de um plano de revitalização da região da área. O projeto também prevê que o Sesc é obrigado a oferecer atividades gratuitas, manter uma biblioteca aberta e disponibilizar 100 vagas para crianças no projeto Curumin.

Com informações do Estado.