Adotantes explicam por que dar chance a um animal de rua é especial

Confira as fotos e relatos enviados pelos leitores da Catraca Livre e saiba como adotar um animalzinho

Por: Redação

Fim do ano chegando e novos planos começam a surgir. Se você vem adiando aquele projeto de aumentar a família e adotar um animal, que tal colocar isso em prática em 2020?

E para provar que a vida é muito mais feliz e completa com um pet ao lado, trouxemos aqui o álbum de família e os depoimentos de alguns leitores da Catraca Livre que abriram a casa e o coração para um peludinho.

Vale dizer que todos esses animais foram adotados. Além de uma atitude humana de amor e solidariedade, esta é uma forma de posicionar-se contra a comercialização cruel de cachorros e gatos.

Confira os animaizinhos que estrelaram por aqui:

adotante com a gatinha de pelo pretocachorro e gato na camacachorro com luzes de natalcachorro deitado na cama gatinho cachorrogatinhoadotante com gatinha

O que você precisa saber para adotar um animal

Quer seu álbum de família mais completo no próximo ano? Antes de seguir os planos de adoção, é preciso saber que este é um compromisso que deve durar até o fim da vida do animal, portanto, deve ser uma decisão consciente.

No calor da emoção, muitas pessoas adotam e acabam abandonando meses ou anos depois, sem considerar o laço formado entre o animal e a família.

O problema do abandono tende a ser ainda maior no fim de ano, período em que os tutores vão viajar e, em vez de deixar o pet aos cuidados de alguém ou em um hotelzinho, acabam abandonando-o de maneira covarde.

Também vale dizer que pets não são objetos e não devem ser dados como presentes a quem quer que seja. A pessoa pode amar os animais, mas não ter as condições adequadas para tê-los naquele momento.

Tendo isso em mente e estando seguro sobre a decisão de adotar, você poderá fazer a diferença na vida de algum peludo.

O processo de adoção de ONGs ou abrigos costuma exigir alguns pré-requisitos. É importante ser maior de 21 anos ou estar acompanhado de um responsável com essa idade ou mais. Também é necessário apresentar documentos, passar por uma entrevista e assinar um termo de responsabilidade. Todas essas exigências visam conhecer o perfil do possível adotante e saber se ele está realmente pronto para assumir esse compromisso.

A ONG AMPARA Animal listou tópicos importantes que você deve saber:

1 – A família toda deve consentir, respeitar e, se possível, colaborar para cuidar do novo ente da casa. Se todos dividirem as tarefas no trato do animal, ele estará muito bem acolhido.

2 – Esteja ciente dos custos. Os animais precisam de ração e água à disposição, de um espaço adequado para brincar, não devem ser acorrentados e precisam regularmente de atendimento veterinário.

3 – Não procrie seu animal. A castração é um ato de amor, ela contribui para o controle populacional dos pets, auxilia no comportamento, evita fugas, doenças como câncer e piometra, acaba com disputa territorial, brigas e xixi fora do lugar.

4 – Animais não são descartáveis. Antes de tirar férias, providencie algum lugar para seu amigo ficar ou alguém que vá até a sua casa para cuidar dele. Existem muitos hotéis pets e cuidadores para te ajudar. Além disso, caso mude de país, cheque a legislação. A maioria dos lugares permite a entrada de animais domésticos com seus donos e as companhias aéreas fazem esse transporte regularmente.

5 – Gatos precisam de proteção dobrada. Telas e redes de proteção são indispensáveis para que o animal não caia. Além disso, não permita as “voltinhas noturnas”. O animal pode procriar, ser envenenado, se perder ou ser atropelado.

6 – Em caso de cães, passeios são imprescindíveis e devem ser feitos antes das 10h e depois das 16h, ou o sol pode queimar suas patinhas. Lembre-se: as necessidades do animal devem ser recolhidas.

7 – Eduque de forma carinhosa seu animal. É necessário impor limites, conforme orientação do veterinário responsável, de forma firme, mas nunca cruel. Lembre-se: filhotes requerem atenção dobrada. Nessa fase de desenvolvimento, é preciso ainda mais paciência.

Este conteúdo é apoiado pelo Carrefour, que – em parceria com a ONG AMPARA Animal – tem realizado uma série de ações em prol dos animais em todo o país. São mutirões de castração, eventos de adoções em suas lojas, além de treinamento, capacitação e sensibilização dos funcionários e prestadores de serviço da companhia.
 

Compartilhe: