5 dicas para trabalhar em casa no verão

Por: Redação

A forma como vivemos, consumimos e nos informamos mudou bastante nos últimos. As novas tecnologias – especialmente as redes sociais – têm sido determinantes para estas transformações.  Então como deixar de fora a mudança na forma como trabalhamos? Quem dá as dicas para equilibrar essa conta é Sebástian Siseles, diretor do site Freelancer.

“De fato, a tecnologia consegue romper barreiras, muito além das fronteiras geográficas. É possível alcançar qualquer parte do mundo, sem a necessidade de estar presente fisicamente em alguns empregos”, afirma. No entanto, nem todos conseguem lidar bem com esse estilo de vida. É essencial ser organizado e manter uma rotina no trabalho e saber a forma de levar seu trabalho para as férias e, ao mesmo tempo, aproveitar.

O ideal é construir a confiança com o empregador e nada melhor do que cumprir com o que foi acordado, tanto em prazos quanto qualidade, sem importar se você fez seu trabalho em uma pousada na praia.

“Os freelancers, um tipo de trabalho que está crescendo cada vez mais, são os que podem decidir quando e onde atender seus clientes, buscando um equilíbrio pessoal e profissional”, diz Siseles. Portanto, para estas pessoas que querem manter a produção em alta durante os meses do verão, vale a pena seguir algumas dicas:

Com um pouco de disciplina, dá para ter o pé na areia e foco no trabalho
Com um pouco de disciplina, dá para ter o pé na areia e foco no trabalho

1. Escolha um lugar em que a internet funcione bem. Isso será o mais importante das suas férias. Caso você fique preocupado em não conseguir se conectar, não vai conseguir relaxar e desfrutar.

2. Organização: Ter um bom planejamento, composto de prazos e requisitos específicos para cada trabalho, é essencial. Montar tudo em um cronograma irá liberar espaço na mente, ao invés de trazer a preocupação do que precisa ser feito o tempo todo.

3. Monte uma agenda de horários, mas ao contrário: coloque horário para todas as atividades que mais nos interessa nas férias, como massagem, caminhar na praia, sair com os amigos, etc. No resto do tempo livre, use-o para cumprir com as obrigações.

4. Ócio: se tem algum tempo livre entre as atividades, use esse momento para não fazer nada, ou algo que vier no momento, sem planejar. Afinal, são ferias e ter momentos de lazer ou simplesmente não fazer nada é necessário.

5. Contatos: as férias são um bom momento para fazer networking, muitas vezes nos descansos encontramos nossos futuros clientes.

Hoje, o trabalho independente se torna cada vez mais atrativo e viável, permitindo que um número maior de pessoas se conecte a partir de qualquer lugar do mundo. Ser freelancer também é uma ótima alternativa de prestar serviços para as melhores empresas do mundo.

Com todo o avanço da tecnologia, é possível trabalhar para uma empresa europeia, dos Estados Unidos ou da Austrália, por exemplo, de uma praia no nordeste do Brasil. Isso traz muitos benefícios, não só do ponto de vista econômico, gerando receita proporcional às horas de trabalho, mas também do ponto de vista individual. Isso proporciona ainda liberdade para decidir seu tempo de férias, se irá trabalhar alguns dias durante este “recesso”. Assim você se torna cem por cento dono da sua vida.

Compartilhe:

1
01:38
Cachorros no escritório melhoram o ambiente de trabalho
Ambiente de trabalho saudável, acolhedor, com redução de estresse e melhora de relacionamento entre a equipe são os benefícios que …
2
01:20
5 dicas para ser um freela bem sucedido
Existem vários pontos positivos em atuar como freelancer no mercado. Mas, para conseguir ser bem sucedido nessa carreira é preciso …
3
01:36
5 mudanças da reforma trabalhista
Confira o que mudou na relação entre trabalhador em empresa com a aprovação da reforma trabalhista. Gostou? Deixe um like e …