Informar

99 abre cadastro de motoristas estrangeiros no Dia do Refugiados

O aplicativo aperfeiçoou sua tecnologia para que imigrantes possam se tornar condutores na plataforma

Por: Redação | Comunicar erro

A 99, empresa brasileira de mobilidade urbana, irá abrir sua plataforma para o cadastro de motoristas estrangeiros nesta quarta-feira, 20 de junho, Dia Mundial do Refugiado. O aplicativo aperfeiçoou sua tecnologia para que imigrantes possam se tornar condutores na plataforma.

Aliado a isso, a 99 vai firmar uma colaboração com o Instituto Adus, ONG que auxilia pessoas em situação de refúgio a reconstruírem suas vidas no Brasil. Entre os projetos do Adus estão o curso de português, qualificação profissional e ações culturais.

iStock/Getty Images
App de mobilidade oferece chance de inclusão em parceria com Instituto Adus, ONG que auxilia pessoas em situação de refúgio

Iniciativas visam inclusão 

O app também oferece parcerias com locadoras para beneficiar os novos imigrantes. Condutores que já sejam parceiros ou que estejam interessados em se cadastrar poderão alugar carros a preços menores e ter direito a bônus especiais. A ação abre portas para que recém-chegados no Brasil, que ainda não possuam veículo, possam locá-lo – economizando em manutenção e seguro, por exemplo.

Como se cadastrar 

Para se cadastrar, os refugiados precisarão de um número de CPF e de uma CNH com EAR (exerce atividade remunerada), que podem ser obtidos junto ao governo brasileiro.

No campo data de emissão de RG, os estrangeiros poderão colocar a emissão do RNE (Registro Nacional de Estrangeiros). ”É uma excelente iniciativa que trará mais oportunidades às pessoas em situação de refúgio, para que elas consigam se estabelecer no País e se integrem de fato à sociedade brasileira”, afirma Marcelo Haydu, diretor do Instituto Adus.

Compartilhe: