Competição audiovisual dá R$250 mil e oficina de capacitação para videomakers independentes

Por: Redação
reprodução youtube
Objetivo da premiação é ajudar os videomakers independentes a construírem a identidade da produção audiovisual independente brasileira.

Uma câmera na mão, uma ideia na cabeça e muito dinheiro no bolso. A competição Narrativas do Brasil, lançada recentemente, aparece como uma boa oportunidade para quem quer transformar em realidade aquele projeto audiovisual guardado há tempos na gaveta.

Os trabalhos enviados devem durar, no máximo, 3 minutos. Para avaliá-los, foram convidados sete curadores, especialistas da área de audiovisual, economia criativa e empreendedorismo, que irão selecionar os cinco trabalhos que melhor atendem aos cinco critérios: originalidade, criatividade, qualidade técnica, capacidade de compartilhamento na web e conteúdo cultural.

Os produtores dos cincos melhores vídeos independentes inscritos na competição, que acontece durante todo o segundo semestre de 2014, ganharão R$50 mil e uma oficina de capacitação de quatro dias oferecida pelo Youtube.

Os ganhadores também terão totais direitos sobre o conteúdo produzido. Como contrapartida, os premiados deverão produzir dez vídeos de até 5 minutos de duração e disponibiliza-los em seus canais de internet.

As inscrições dos vídeos podem ser feitas no site oficial do projeto até o dia 18 de setembro. Elas são abertas a qualquer brasileiro maior de 18 anos que não esteja vinculado por contrato trabalhista a nenhuma empresa de mídia. A divulgação dos vencedores será no dia 06 de outubro.

Compartilhe:

1
01:38
Cachorros no escritório melhoram o ambiente de trabalho
Ambiente de trabalho saudável, acolhedor, com redução de estresse e melhora de relacionamento entre a equipe são os benefícios que …
2
01:20
5 dicas para ser um freela bem sucedido
Existem vários pontos positivos em atuar como freelancer no mercado. Mas, para conseguir ser bem sucedido nessa carreira é preciso …
3
01:36
5 mudanças da reforma trabalhista
Confira o que mudou na relação entre trabalhador em empresa com a aprovação da reforma trabalhista. Gostou? Deixe um like e …