Comunidade em Itacaré (BA) investe na natureza e no Facebook

Sabão e sabonete, detergente e shampoo. Os produtos de higiene e limpeza da Plante! surgiram timidamente há 3 anos para atender moradores de Piracanga, uma praia na Península de Maraú, em Itacaré, na Bahia. Mas bastou que a iniciativa começasse a ser divulgada no Facebook para que o artesanal com as bênçãos do virtual ganhasse o mundo. E quem não abre mão dessa combinação entre raiz e bytes é Juliana Faber, 36 anos, fundadora da Plante!: “Se não tivéssemos investido nas mídias sociais continuaríamos conhecidos apenas por quem passa por Piracanga e por nossa pequena rede de amigos. Faz pouco tempo que passamos a vender pela internet e a visibilidade aumentou consideravelmente. E vem se multiplicando”.

A produção de itens biodegradáveis – que não prejudicam as águas – envolveu a maior parte dos 200 integrantes da comunidade. Foi um movimento natural, já que eles já trocavam idéias sobre proteção ambiental na Escola da Natureza, cuja página no Facebook existe há 2 anos e tem mais de 9.500 curtidas.

No início, imagens e vídeos relacionados aos itens de higiene e limpeza eram postados na página da Escola. Depois os produtos da Plante! ganharam uma página exclusiva. “Ter um espaço para criar uma relação direta com o consumidor e semear a cultura do uso de itens biodegradáveis fizeram toda diferença. Assim podemos mostrar quase diariamente as soluções que criamos e nossas práticas. Procuramos postar conteúdos que inspirem novas atitudes no cotidiano de quem nos acompanha virtualmente. São soluções sustentáveis para casa e jardim muito simples. Sempre me encantou inspirar as pessoas e o Facebook potencializa isso”, diz Juliana.

A criação de um perfil da marca no Instagram está nos planos, mas, por enquanto, há na Plante! uma preferência especial pelo Face: “Nossas postagens nessa rede social fazem com que as pessoas se sintam em casa, participando dos processos. Elas se tornam íntimas, como se fossem super amigas da gente. E adoramos essa aproximação”. Outra ideia, segundo Juliana, é fazer um curso sobre mídias sociais: “Esse é um dos caminhos para ajudar empreendedores a compreenderem melhor essas ferramentas”, conclui.

E para quem não quer perder tempo e começar já a entender o mundo das Mídias Sociais e do Marketing Digital, aproveite a parceria do Catraca Livre com a Tyngu, que tem 85 cursos online. Clique aqui e tenha acesso grátis por uma semana, além de 15% de desconto para continuar os cursos!

Compartilhe:

Tags: #Facebook
1 / 3
1
01:20
5 dicas para ser um freela bem sucedido
Existem vários pontos positivos em atuar como freelancer no mercado. Mas, para conseguir ser bem sucedido nessa carreira é preciso …
2
02:02
O que as pessoas estão fazendo para superar o desemprego em São Paulo
Conversamos com diversas pessoas para entender as principais dificuldades para encontrar uma oportunidade de trabalho em São Paulo. Elas também …
3
01:36
5 mudanças da reforma trabalhista
Confira o que mudou na relação entre trabalhador em empresa com a aprovação da reforma trabalhista. Gostou? Deixe um like e …