IBGE abre concurso com mais de 200 mil vagas para o Censo

Vagas temporárias são para agente censitário municipal, agente censitário supervisor e recenseador; remuneração pode chegar a R$ 4.399,48

Por: Redação

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) abriu inscrições para o processo seletivo do Censo 2020. São mais de 208 mil vagas temporárias distribuídas em todos os municípios do país. A remuneração pode chegar a R$ 4.399,48.

As inscrições vão até 24 de março e devem ser feitas pelo site do Cebraspe (www.cebraspe.org.br) . As taxas  custam R$ 23,61 (para recenseador) e R$ 35,80 (funções de nível médio) e pode ser paga em qualquer banco, casa lotérica ou pela internet.

Crédito: Divulgação/IBGEConcurso para recenseador do IBGE

As vagas são para os cargos de agentes censitários municipais e agentes censitários supervisores, ambos de nível médio, e para recenseadores, que exige nível fundamental.

A duração prevista dos contratos será de três meses, com possibilidade de renovação em caso de necessidades do IBGE e de acordo com a disponibilidade orçamentária.

O trabalho desenvolvido será na coleta de informações do Censo 2020, com entrevistas aos moradores de todos os domicílios do país.

Vagas

Serão feitos dois processos seletivos e um total de 208.695 mil vagas –quase metade (43%) está concentrada na região Sudeste (90.528), seguida pelo Nordeste (53.535) e Sul (32.599).

Crédito: Divulgação/IBGEDistribuição de vagas do concurso para recenseadores

São 180.557 vagas para a função de recenseador, distribuídas em 5.569 municípios; 22.676 vagas para a função de agente censitário supervisor e 5.462 vagas para a função de agente censitário municipal, distribuídas em 4.612 municípios.

Os profissionais selecionados terão direito a férias e 13º salários proporcionais. Não há restrição para quem já prestou serviço temporário para o IBGE ou outros órgãos públicos.

O recenseador não terá horário fixo de trabalho. A recomendação, porém, é que o concursado dedique ao menos 25 horas por semana, inclusive nos feriados e finais de semana.

O IBGE disponibilizou um simulador para calcular o valor que o trabalhador pode receber. Por exemplo, um recenseador na cidade do Rio de Janeiro que trabalhe 30 horas semanais pode chegar a uma remuneração de R$ 2.092,56 ao mês. Já em São Gabriel da Cachoeira, no Amazonas, a mesma carga horária pode render R$ 4.399,48.