Prefeitura de SP recruta 470 profissionais transexuais para diversas áreas

Vagas para profissionais domésticos, de telemarketing e vendas serão preenchidas até o fim do mês

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Em meio à crise de desemprego provocada pela pandemia, a Prefeitura de São Paulo oferece 470 vagas para profissionais transexuais.

A iniciativa, realizada pelas Secretarias de Desenvolvimento Econômico e Trabalho e de Direitos Humanos e Cidadania, tem inscrições abertas até às 20h desta quarta-feira, 19 de agosto e podem ser feitas no site www.bit.ly/vagastrans 

As vagas são nas áreas do comércio e de serviços e os salários variam entre R$ 1.045 e R$ 1.600.

vagas profissionais trans
Crédito: Getty Images/iStockphotoCom escassas oportunidades no mercado de trabalho, 90% das pessoas trans recorrem à prostituição como fonte de renda. Os dados são da Associação Nacional de Travestis e Transexuais (ANTRA)

Vagas e pré-requisitos

Operador de telemarketing: 280 vagas com salários de até R$ 1.065. Para se candidatar, é necessário ter ensino fundamental ou médio completo e noções de informática.

Serviço doméstico: 50 postos com salários de R$ 1.200 a R $ 1.600, algumas das vagas o valor será combinado diretamente com o empregador. As oportunidades são para a zona oeste da cidade e para o município de Osasco. Será necessário conhecimento da atividade como passar roupa, cozinhar e limpeza, além de ser avaliada carta de recomendação.

Vendas: 140 vagas com salário de R$ 1.045 além de comissões. Não será exigida experiência dos trabalhadores, mas é necessário estar cursando ou ter completado o ensino médio.

Processo seletivo 

Para concorrer a uma das vagas, é preciso preencher todo o formulário. Na fase seguinte, o Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo (Cate) selecionará os candidatos para uma etapa presencial na sede do Cate no dia 26 de agosto. Na ocasião será exigida apresentação do currículo atualizado.