Aflito com repercussão de Trump, pai escreve carta para os filhos

Preocupado com a repercussão de um vídeo em que o candidato à presidência dos Estados Unidos, Donal trump faz observações machistas sobre a condição das mulheres, Derek Steele  solveu rebater.

Derek é norte-americano e pai de dois meninos de Caleb e Ethan, de quatro e sete anos. Provavelmente, eles ainda não conseguem entender e acompanhar as repercussões das declarações da corrida presidencial dos Estados Unidos. Mas, depois ouvir um comentário de Rudolph Giuliani, ex-prefeito de Nova York e apoiador da campanha de Trump, em que dizia que “os homens, às vezes, falam dessa maneira”, tentando aliviar o lado do colega republicano.

Acreditando que este tipo de discurso pode ser nocivo e influenciar muitas opiniões Derek teve a ideia do depoimento. Em seu carta, afirma para as crianças, que piadas machistas são absolutamente não toleráveis. “Os homens não falam, às vezes, dessa maneira”, contestou.

Confira a carta na íntegra traduzida pelo Hypeness

Caleb e Ethan:

Felizmente, neste momento vocês são demasiado novos para serem expostos ou se interessarem pelo discurso político. E são demasiado novos para terem contas no Facebook. Mas eu imagino que chegará o dia, em um futuro não tão distante assim, em que vocês estrão no Facebook e nós seremos amigos. Eu também imagino que em algum momento depois disso, seja por tédio ou interesse, vocês vão olhar para os posts passados de seu velhinho para tentar encontrar algumas histórias divertidas ou algum pedacinho de sabedoria – então eu vou deixar isto aqui pra vocês.

Os homens não falam, às vezes, dessa maneira. Claro que alguns indivíduos com um cromossoma X ou Y como vocês pode falar dessa maneira, mas a gente não chama a eles Homens. A gente chama pervertidos, abusadores, ou estupradores – não Homens. Homens de verdade não fazem isso e nem sequer pensariam em falar isso.

Vocês escutarão muitas pessoas falando pra vocês o que homens fazem ou o que é necessário para se ‘ser um Homem’. A grande maioria disso será totalmente lixo. Se você quiser ser um Homem, esqueça o machismo ou a conquista sexual. Ser um Homem não é isso. É proteger aqueles à sua volta que são fracos e inocentes – quem sabe uma criança sendo vítima de bullying ou seus próprios filhos.

É ser acordado em todas as horas da noite para aquecer uma garrafa, trocar uma fralda, mudar os lençóis em uma cama molhada ou ainda pior. Homens levam com vômito, cocô, sangue e choro. Ser homem é ser aberto, vulnerável e responsável com alguém. É admitir seus erros e fracassos – em toda a sua feiúra – e buscar o perdão, uma e outra e outra vez. Os homens reais brincam de se fantasiar e curtem festas de chá e fazem deles mesmos completos idiotas só para ouvir uma criança rindo. Eles choram, chorar mesmo, quando a situação pede por isso. Eles respeitam, honram e valorizam as mulheres, porque todos eles são humanos – criados à imagem do Criador.

É difícil ser um homem. O trabalho mais difícil que vocês vão ter. Assim, quando alguém tentar justificar palavras e comportamentos aberrantes por manchar a sua boa reputação como um homem – fique com raiva e fale. Não deixe que eles definam você de forma errada por sua conduta. Em suma – seja um homem.

Atenciosamente,

Seu Pai.”

Com informações do Hypeness

1 / 2
1
02:01
As mentiras sobre as vacinas matam
Dr. Gonzalo Vecina, médico e fundador da Anvisa,  fala sobre as mentiras sobre as vacinas e o quanto o calendário …
2
05:29
Como o estresse interfere na saúde do bebê
Claudio Basbaum, obstetra na Maternidade de São Luiz, é conhecido como o médico que implantou no Brasil o parto humanizado. Esse …