Banho de balde é terapêutico e acalma o bebê

crédito: News ABC
Ambiente semelhante ao útero.

Até pouco tempo atrás a banheira era um item que não podia faltar na lista do chá de bebê. Ultimamente, o balde ou o ofurô de plástico vem disputando este espaço. Criado em 1997 por obstetras e parteiras de maternidades da Holanda, o baldinho oferece ao recém-nascido uma transição do útero para o mundo.

Segundo especialistas, quando os pequenos entram em contato com a água na hora do banho, logo se lembram do meio aquático do útero, um lugar fechado, escuro, quente e seguro. Como o ofurô remete a essa sensação intrauterina, os banhos sãos mais tranquilos e acalmam os bebês.

Alguns pediatras notaram esses benefícios e chegaram a adotar o banho de balde até nas maternidades.

O Gama – Grupo de apoio a maternidade ativa lançou o DVD “Banho de Balde” mostrando os benefícios e as técnicas desse tipo de banho. É vendido neste site por R$ 20. Qualquer balde pode ser usado, mas que o ideal são os fabricados para esse fim pois não possuem emendas ou rebarbas internas que possam machucar a pele do bebê.

Os baldes ou ofurôs são facilmente encontrados em grandes lojas e supermercados.

1 / 2
1
02:01
As mentiras sobre as vacinas matam
Dr. Gonzalo Vecina, médico e fundador da Anvisa,  fala sobre as mentiras sobre as vacinas e o quanto o calendário …
2
05:29
Como o estresse interfere na saúde do bebê
Claudio Basbaum, obstetra na Maternidade de São Luiz, é conhecido como o médico que implantou no Brasil o parto humanizado. Esse …