Bebês com cuidadores mais amorosos têm maior desenvolvimento cerebral, indica estudo

Estudo realizado por pesquisadores da Faculdade de Medicina da Universidade de Washington demonstrou que o amor do cuidador pode ajudar o cérebro do bebê a se desenvolver mais.

A pesquisa revelou que uma importante área do cérebro pode crescer até duas vezes mais rápido em crianças cujas mães demonstravam afeto e apoio emocional, em comparação à mães mais distantes e frias.

De acordo com Joan Luby, psiquiatra infantil que liderou o estudo, os resultados sugerem que há um período, a primeira infância, em que o cérebro responde mais ativamente ao apoio materno.

Com informações de BBC Brasil.

Compartilhe:

1 / 2
1
02:01
As mentiras sobre as vacinas matam
Dr. Gonzalo Vecina, médico e fundador da Anvisa,  fala sobre as mentiras sobre as vacinas e o quanto o calendário …
2
05:29
Como o estresse interfere na saúde do bebê
Claudio Basbaum, obstetra na Maternidade de São Luiz, é conhecido como o médico que implantou no Brasil o parto humanizado. Esse …