Guia traz 60 brincadeiras para discutir direitos humanos com as crianças

Por: Camila Hungria

Brincar é muito importante para o desenvolvimento da criança. Quando brinca, a criança está desenvolvendo uma série de habilidades e novas competências, usando sua imaginação e se relacionando com o mundo. Brincar em grupo também é importante: a criança aprende a dividir, lidar com a diferença e socializar.

Apostando nisso, a Equitas, uma ONG internacional sediada no Canadá, que oferece programas de transformação e educação em direitos humanos, desenvolveu o Play It Fair, um guia contendo 60 brincadeiras e atividades para desenvolver com crianças de 6-12 anos para discutir temas como direitos humanos, discriminação e resolução de conflitos.

O guia foi desenvolvido com o objetivo de trabalhar os valores primordiais da Declaração Universal dos Direitos Humanos, como cooperação, respeito, equidade, inclusão, respeito à diversidade, responsabilidade e aceitação, e vem sendo utilizado por educadores e profissionais de recreação infantil em acampamentos de férias e escolas infantis.

O material foi lançado em 2011, e até hoje as atividades já alcançaram mais de 500.000 crianças em todo o Canadá e outras em diversas partes do mundo. Embora esteja em inglês, o guia já foi traduzido para o árabe e utilizado por educadores no Oriente Médio e na Indonésia.

Baixe o material gratuito (em inglês) aqui .

Compartilhe:

1
02:01
As mentiras sobre as vacinas matam
Dr. Gonzalo Vecina, médico e fundador da Anvisa,  fala sobre as mentiras sobre as vacinas e o quanto o calendário …