Últimas notícias:

Loading...

Para pais com deficiência visual, fotógrafa cria álbum sensorial

Por: Camila Hungria

Como montar um álbum de bebê para pais com deficiência visual? A fotógrafa Márcia Beal, de Porto Alegre, deu uma lição de empatia e criatividade com a solução que encontrou para esse desafio. Surpreendida em seu estúdio por um casal, Jorge e Carlise Vieira, ambos com deficiência visual, que havia marcado sessão previamente, Márcia não conseguiu parar de pensar que as fotos estavam lindas, que seriam uma recordação para o bebê, mas que o casal nunca poderia vê-las. Jorge nasceu sem visão, já Carlise perdeu a visão aos 16 anos por causa de uma doença na retina.

E foi ai que a grande ideia aconteceu. Com a ajuda de um artista plástico, Marcos Escada,  e um designer, Hayaks Winter, ela construiu um álbum de bebê sensorial, para traduzir as imagens em sensações. Juntos, pesquisaram diferentes tipos de materiais que pudessem ser usados pra transformar a fotografia, que é plana, em algo que se pudesse tocar, que o deficiente visual pudesse sentir.

O álbum é um mix de texturas, textos em braile, impressões de fotografias em 3D, e até cheirinho de bebê. “É a primeira vez que a gente vê isso e, com certeza, muitos deficientes visuais gostariam de estar no nosso lugar”, comemorou o casal, ao ver o álbum pela primeira vez.

Veja imagens do álbum:

Leia também:

Via Razões para Acreditar.

Compartilhe: