Últimas notícias:

Loading...

Após sofrer racismo, menina de 10 anos lacra com linha de roupas

Por: Camila Hungria

As primeiras experiências de racismo acontecem na infância. Com Kheris Rogers, uma menina americana de 10 anos, não foi diferente. Mas a pequena deu a volta por cima e lançou sua própria marca de roupas infantis que são puro empoderamento e orgulho negro.

“Eu me sinto mais confiante porque, mesmo se eu continuar sendo discriminada, quando eu colocar a camiseta, me sentirei corajosa. Espero que a linha de roupas ajude outras crianças a se sentirem confiantes também”, disse ela.

Quando pequena, na escola, Kheris relata que sofria bullying de seus colegas, que a discriminavam por sua cor de pele.

A ideia para a coleção de camisetas começou quando sua irmã mais velha, Taylor Pollard, de 22 anos, compartilhou uma foto da irmã caçula em sua conta do Twitter dizendo “Minha irmã só tem 10 anos, mas é uma rainha” e usou a hashtag #FlexinInHerComplexion (em tradução livre #FlexívelnasuaComplexidade)

“Minha irmã só tem 10 anos, mas já é uma rainha”

O tweet viralizou, com mais de 83 mil curtidas e 31 mil compartilhamentos, e foi um grande incentivo para fortalecer a autoestima de Kheris e fazê-la tomar a decisão de criar sua própria marca de roupas, batizada de “Flexin ‘In My Complexion.

Apesar das experiências de racismo que sofreu na escola durante toda sua infância, a coleção de roupas da pequena a ajudou a ser confiante e enfrentar essas barreiras.

Veja fotos:

A pequena deu lição de autoestima e empoderamento com suas roupas.
A pequena deu lição de autoestima e empoderamento com suas roupas.
A pequena deu lição de autoestima e empoderamento com suas roupas.
A pequena deu lição de autoestima e empoderamento com suas roupas.
A pequena deu lição de autoestima e empoderamento com suas roupas.
A pequena deu lição de autoestima e empoderamento com suas roupas.
A pequena deu lição de autoestima e empoderamento com suas roupas.

Com informações de Bored Panda