Últimas notícias:

Loading...

Seu colo aquece, seu cheiro conforta: entenda a importância do contato pele a pele com o bebê

Com base em pesquisas proprietárias sobre o tema e o respaldo de especialistas, Pom Pom desenvolveu um guia que promove o protagonismo no ato de cuidar

Por: Publi

A pele é o maior órgão do corpo humano. Ela nos reveste da cabeça aos pés e é a barreira que determina o limite do corpo com o ambiente externo. No momento em que o bebê sai do ambiente uterino e entra em contato com a pele da mãe, ela é capaz de o sustentar física e emocionalmente. Da mesma forma, esta mãe experimenta o sentimento de que o bebê lhe pertence e de que pode lhe oferecer amor concreto.

“Nascer é uma experiência estressante”, reflete a pediatra Filomena Camilo do Vale, intensivista da Santa Casa de Misericórdia de Belo Horizonte e mestre na área de Ciência da Saúde pela Universidade Federal de Minas Gerais. Ela afirma que, ao entrar em contato com a pele da mãe, o bebê acalma os batimentos cardíacos, diminuindo o stress e estabilizando a temperatura corporal.



Ao entrar em contato com a pele da mãe, o bebê acalma os batimentos cardíacos, diminuindo o stress e estabilizando a temperatura corporal
Crédito: IStock | Banco de ImagensAo entrar em contato com a pele da mãe, o bebê acalma os batimentos cardíacos, diminuindo o stress e estabilizando a temperatura corporal

Além disso, Filomena explica que o contato com a pele libera ocitocina, também chamado de “hormônio do amor”, que tem um papel importante na criação de vínculo e no relaxamento. “Ele é muito liberado pela pressão suave e pelo calor. É sensacional. Os bebês choram menos e, nas mães, a ocitocina previne a depressão pós-parto”, diz.

Ao sentir o coração da mãe e ouvir seus batimentos cardíacos, cria-se uma relação de confiança entre a dupla mãe e bebê. Quando isso acontece ainda na maternidade, há muitos ganhos para o desenvolvimento dos pequenos.

Mas não é só a mãe que pode ser a protagonista e se beneficiar deste processo. A pediatra Filomena reflete que a mãe, obviamente, vivencia a gestação diferente do pai: “O corpo da mãe vai mudando e o pai só assimila sua paternidade quando o bebê nasce. É uma coisa construída e passa muito pela construção da intimidade, do vínculo, do toque, do olhar”. Em conjunto, a família pode criar formas e momentos para permitir que o pai se relacione com o bebê e fortaleça essa relação.

Para se ter uma ideia, o contato pele a pele já virou até política de saúde pública. Em 1979, o Método Canguru – que incentiva o contato pele a pele – foi criado na Colômbia para solucionar, de forma barata e efetiva, a situação de superpopulação nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI).

Em vigor no Brasil desde 1999, o Método Canguru é um modelo de assistência perinatal voltado para a melhoria da qualidade do cuidado, reduz o tempo de separação entre mãe e recém‑nascido e favorece o vínculo.

Também contribui para a redução do risco de infecção hospitalar e melhora a qualidade do desenvolvimento psico‑afetivo do recém‑nascido. Outro benefício importante é que ele possibilita maior confiança dos pais no cuidado do seu filho após a alta hospitalar.

Guia Pele a Pele Pom Pom

Foi pensando na importância deste tema, que Pom Pom desenvolveu exclusivamente para mães e pais o Guia Pele a Pele. Criado com base em pesquisas proprietárias da marca, em parceria com a IPEC (Inteligência em Pesquisa e Consultoria) e com o respaldo de especialistas de diferentes áreas da medicina, o guia promove o protagonismo no ato de cuidar.

Construído de maneira didática e de fácil compreensão, o guia auxilia nessa jornada incrível sobre o universo da maternidade e como um simples toque pode ser tão poderoso. Nas suas páginas é possível descobrir como o colo aquece, o cheiro conforta e seu peito alivia. Além disso, todo esse contato pele a pele cria um vínculo forte, único e inigualável entre a mãe e o seu bebê.

O Guia Pele a Pele desenvolvido pela Pom Pom auxilia mães nessa jornada incrível sobre o universo da maternidade e como um simples toque pode ser tão poderoso
Crédito: IStock | Banco de ImagensO Guia Pele a Pele desenvolvido pela Pom Pom auxilia mães nessa jornada incrível sobre o universo da maternidade e como um simples toque pode ser tão poderoso

11 motivos para investir no contato pele a pele

    1. Diminuição do estresse da mãe e do bebê;
    2. Melhoria no desenvolvimento emocional do bebê;
    3. Prevenção na depressão pós-parto; 
    4. Aumento do aleitamento materno; 
    5. Melhoria do sono, proporcionando tranquilidade ao bebê; 
    6. Diminuição do choro, maior controle e alívio da dor do bebê;
    7. Maior interação entre a mãe e o bebê, promovendo o fortalecimento desse vínculo;
    8. Possibilita a oxigenação adequada; 
    9. Aumento e estabilidade da temperatura corporal; 
    10. Menos episódios de apneia (paradas respiratórias durante o sono); 
    11. Aceleração do desenvolvimento cognitivo;
*Fonte: Guia Pele a Pele Pom pom – 2021

Jornada de proteção e cuidado com o bêbê

Pensando nas maiores preocupações das mães em relação aos cuidados com a pele delicada dos bebês, a Pom Pom traz ao mercado a nova Derma Protek, a fralda que cuida da pele do seu bebê, em parceria com a Fisher-Price, marca referência em brinquedos educativos há mais de 90 anos.

Por possuir um sistema de absorção duas vezes mais rápida e uma loção hidratante com extratos naturais sobre a camada interna da fralda, a Derma Protek oferece proteção para a pele delicada do bebê e benefícios como o uso contínuo, mantendo a pele sempre sequinha, prevenindo o surgimento de assaduras e irritações de pele no bebê. Clique aqui e saiba mais!


Compartilhe: