Últimas notícias:

Loading...

Uma garota notável: MC Soffia e a importância do empoderamento de meninas negras

Por: Camila Hungria

O novo clipe da rapper mirim MC Soffia, de 12 anos, foi gravado no monumento histórico Pedra do Sal, no Rio de Janeiro, onde fica localizada uma Comunidade Remanescentes de Quilombos. No clipe da música “Menina Pretinha”, Soffia aborda questões como racismo e preconceito, questiona padrões de beleza impostos pela mídia e fala sobre a importância de crianças negras se empoderarem de suas raízes.

“Menina pretinha/ Exótica não é linda/ Você não é bonitinha/ Você é uma rainha”

“Nunca me xingaram de exótica, mas as pessoas costumam chamar as mulheres negras assim. Falam que elas têm uma beleza exótica, mas isso não é um elogio. Eu sei que exótico é bicho. Então, eles querem dizer que as mulheres são bichos? Apesar de nunca terem dito isso para mim, quando eles xingam os negros também estão me xingando.”, disse ela em entrevista à revista Rolling Stone.

Confira o videoclipe:

Soffia foi criada em uma família de mulheres negras e militantes, e desde cedo aprendeu a se orgulhar de suas raízes e de ser quem é. “Tem criança negra que sofre racismo todo dia na escola, e isso a televisão não mostra. Tem criança que fica com trauma, trancada em casa, não quer sair na rua”, disse em entrevista ao UOL.

A consciência racial da garota é resultado da educação proporcionada pelas duas mulheres.”Consciência racial é quando você tem consciência do que é o seu cabelo, a sua boca e o racismo. Quando você sabe que cada pedaço seu tem uma tem herança… Serve também para você gostar do seu cabelo. Você vai saber tanto que nem vai ligar para o que a mídia fala. Você vai se amar, por que vai saber e tem crianças que não sabem”, afirmou.

Com informações de UOLRolling Stone.

Compartilhe:

?>