300 mil orelhões terão sinal de wi-fi no pais

Anatel vai estudar modelos de funcionamento e métodos de tarifação do serviço, planejado para 2015

Por: Redação

O Brasil já tem mais de uma linha de celular por habitante e 53% dos aparelhos vendidos no país são smartphones. Diante disso, qual o futuro dos orelhões? Virar pontos de wi-fi gratuito? Segundo a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), sim.

clovis silveira
Dos cerca de milhão de orelhões no país, 400 mil serão desativados e 300 mil modernizados. O restante permanecerá em áreas onde o telefone público é bastante usado.

A agência informou recentemente que pretende “modernizar” cerca de 300 mil telefones públicos de calçada, transformando-os em hotspots de wi-fi. Atualmente há aproximadamente 1 milhão de orelhões no país. Segundo os planos, 400 mil (40% do total) serão desativados. O restante (30%) será mantido em áreas onde os telefones ainda são bastante usados.

Ainda não se sabe como vai ser o serviço e qual modelo será usado – no Rio de Janeiro há um projeto piloto e em Florianópolis alguns orelhões fornecem 15 minutos de internet gratuita. Segundo a agência, ainda é preciso estudar um método de tarifação, o formato de utilização do sistema e decidir quem vai instalar o wi-fi.

A mudança ocorrerá na revisão do contrato de concessão e a consulta pública começa em março de 2014. Os novos orelhões entrariam em funcionamento entre 2015 e 2016.

Compartilhe: