Menina pede socorro pelo WhatsApp durante abuso sexual em SP

Informar

Fake News: 7 boatos que surgiram por causa da intervenção no Rio

Por Boatos.org

Por: Redação | Comunicar erro

Notícias falsas são disseminadas o tempo todo na internet. Para desvendar o que é verdade e o que é mentira, vamos divulgar no Catraca Livre checagens feitas pelo nosso parceiro Boatos.org.

Nos últimos dias, o que não faltaram foram boatos sobre a intervenção federal na área de segurança no Rio. O Boatos.org separou sete para você não cair mais nas balelas.
1 –  Vídeo mostra os tanques na Via Dutra, indo para o Rio
Vídeo de dezenas de tanques do Exército assustaram alguns e empolgaram outros. Mas imagens eram de outra ocasião. Entenda.
2 – Toque de recolher é anunciado
Um suposto boletim interno vazou e continha detalhes como a proibição de pessoas na rua, sem documento, após às 22h. Porém, alguns detalhes entregam que ele é falso. Entenda.
3 – Saiu o Plano (parte 1) 
O que não faltou nesses dias foi anúncio de “plano de intervenção”. Esse, que apareceu no fim de semana após o anúncio, também falava no toque de recolher e outras coisinhas mais. Mas era falso. Veja o porquê aqui.
4 – Agora, sim, saiu o plano (Parte 2) 
Depois que o “primeiro plano” foi desmentido, surgiu um segundo. Alguns detalhes o diferenciavam: tinha um nome (PARe – Plano de Ação Redentor) e chegava a sugerir a ROTA, de São Paulo, no Rio. Veja detalhes do boato aqui.
5 – Saiu a lista dos comandantes
Também surgiu na internet uma lista de novos comandantes dos batalhões. Detalhe 1: eles eram todos generais. Detalhe 2: dos 18 citados, só 2 “existiam”. Porém… leia e entenda.
6 – Maria do Rosário pede diálogo
Também surgiu um boato relacionado à deputada federal Maria do Rosário (PT-RS). De acordo com uma imagem, ela teria pedido diálogo com traficantes. Falamos com a assessoria e… leia e entenda.
7 – O discurso de Gramoza 
Essa história era velha, mas ganhou força com o anúncio da intervenção. Um discurso atribuído ao “general Gramoza” viralizou na web. Apuramos o caso e descobrimos que o tal general nem existe. Como? Descubra aqui.

Compartilhe: