923 milhões de pessoas no mundo não têm acesso à água potável

O 'Dia Mundial da Água' é celebrado em 22 de março; confira dados sobre o acesso a este recurso natural

Por: Redação

Nesta quarta-feira, 22 de março, é comemorado o Dia Mundial da Água, que busca conscientizar a sociedade sobre a relevância da água para a sobrevivência da humanidade.

Em referência à data, o Conselho Mundial da Água (WWC, na sigla em inglês) divulgou um relatório nesta terça em que mostra um dado preocupante: ainda hoje, 923 milhões de pessoas não têm acesso à água potável no mundo.

De acordo com informações da agência ANSA Brasil, entre o número total de habitantes sem o recurso, 319 milhões (32%) vivem no continente africano.

319 milhões (32%) dos que não têm acesso ao recurso vivem no continente africano
Crédito: Getty Images/iStockphoto319 milhões (32%) dos que não têm acesso ao recurso vivem no continente africano

Já em relação à regiões mais afetadas, estão Papua-Nova Guiné com a menor disponibilidade de água – 40% da população tem acesso a fontes potáveis –, seguido da Guiné Equatorial (48%), Angola (49%), Chade e Moçambique (51%), da República Democrática do Congo e Madagáscar (52%), e Afeganistão (55%).

Leia o conteúdo na íntegra neste link.

Dia Mundial da Água

O Dia Mundial da Água entrou em vigor em 1993 após a Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, de 1992. A data é, sobretudo, um momento para lembrar a importância do uso sustentável desse recurso natural.

Em 2017, o dia tem como tema o desperdício e as águas residuais. Conhecida popularmente como esgoto, a substância residual compreende todo o volume de água que teve suas características naturais alteradas depois do uso doméstico, comercial ou industrial.

Segundo o presidente do Conselho Mundial da Água, Benedito Braga, “aproximadamente 90% das águas residuais do mundo são despejadas no meio ambiente sem tratamento, enquanto mais de 923 milhões de pessoas no mundo não tem acesso a água potável”.

Catraca Livre selecionou alguns dados sobre o acesso à água em todo o mundo para mostrar a relevância e urgência de abordar este tema. Confira abaixo:

Compartilhe: