Informar

Antas ganham coleiras luminosas para evitar atropelamentos

As antas vivem em constante ameaça no Cerrado brasileiro por conta do desmatamento e das queimadas que atendem o desenvolvimento do agronegócio (especialmente por causa de culturas como a da cana de açúcar e da soja), mas também dos atropelamentos nas rodovias do Mato Grosso do Sul, que só crescem.

Divulgação
As coleiras são equipadas com GPS e refletores

De acordo com pesquisas da Iniciativa Nacional para a Conservação da Anta Brasileira (INCAB) do Instituto Ipê, em dez trechos de estradas nesse estado, foram registrados 162 atropelamentos desde março de 2013, que incluem também filhotes. Isso significa uma média de quatro por mês, em uma extensão de pouco mais de 1.450 quilômetros.

Mas agora, uma iniciativa inovadora pode salvar a vida de centenas de antas. Quer saber como? Leia aqui a matéria completa publicada no site Conexão Planeta.

Compartilhe: