Últimas notícias:

Loading...

Antes Haddad e agora Doria: 10 mudanças da nova gestão da cidade

Por: Redação

Como você sabe, João Doria bateu um recorde e se tornou o primeiro prefeito eleito de São Paulo já no 1º turno.

João Doria (PSDB)
João Doria (PSDB)

E ele promete mudanças que deixarão a cidade diferente a partir do dia 1 de janeiro. Veja abaixo o que muda e como vai ficar com a gestão do PSDB.

MOBILIDADE E TRANSPORTE

1- Já na semana seguinte a sua posse, o novo prefeito promete aumentar a velocidade das vias. 
O limite será de 60km/h nas locais, 70km/h nas centrais e 90km/h nas expressas.

2- Apenas algumas ciclovias serão mantidas, parte delas será extinta. As que sobrarem, passarão a ser de responsabilidade da iniciativa privada que, em troca, poderá fazer publicidade nelas.

3- Os corredores de ônibus serão reestruturados.

4- No programa “Rapidão” os cobradores de ônibus serão promovidos a motoristas e o sistema de pagamento não dependerá mais deles. Agora tudo será automatizado com o sistema BRT.

SAÚDE

5- A cidade terá o programa “Corujão” no qual será permitida a realização de exames médicos durante a madrugada. A intenção é fazer parcerias com laboratórios particulares, que passariam a fazer estes exames.

6- Há a promessa de se contratar de imediato a partir de sua posse, 800 médicos para atenderem no sistema público.

7- A estrutura dos hospitais e pronto-socorros, seja estaduais ou municipais, será integrada.

PROGRAMA SOCIAL DE BRAÇOS ABERTOS

8- O atual programa faz o tratamento de dependentes químicos da região central de São Paulo. Em troca de 1 dia de trabalho (zeladoria), lhes é oferecido moradia e uma remuneração no valor de R$ 15,00 ao dia. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, durante o programa mais de 80% dos usuários diminuiu o consumo ou simplesmente parou de usar drogas, como o crack.

Segundo Doria, o programa será extinto. No lugar dele, será oferecido internações ou tratamento ambulatorial.

PRIVATIZAÇÕES

9- O autódromo de Interlagos e o centro de convenções do Anhembi serão privatizados, assim como o Parque do Ibirapuera.

Já o Pacaembu será concedido por 10 ou 15 anos para a iniciativa privada.

SUBPREFEITURAS

10- Atualmente a cidade possui 32 subprefeituras. Com a gestão Doria elas passarão a ter mais autonomia e somente poderá se candidatar ao cargo de subprefeito quem morar na região a qual pretende se eleger.

Compartilhe:

Tags: #Política