Apple, Coca-Cola, Starbucks, Facebook, Google e Disney apoiam o casamento gay. E você?

Por: Redação
Reprodução
Mais de 300 empresas apoiam o casamento gay

A bancada evangélica no Congresso Nacional pediu o boicote a novela “Babilônia”, tudo por conta do beijo (sim, apenas beijo!) de Fernanda Montenegro e Nathália Timberg.

Recentemente, a propaganda do Boticário que mostra casais gays também despertou a fúria de fundamentalistas. Confira o vídeo em que o Pastor Silas Malafaia critica a campanha e o “homossexualismo” aqui.

Um respiro em meio a tanto preconceito acontece lá do outro lado do continente: mais de 300 empresas, entre gigantes como Apple, Coca-Cola, Starbucks, Nike, Google, Microsoft , Disney, e até mesmo o Facebook, pedem à Suprema Corte dos EUA que aprovem o casamento gay.

Será que os parlamentares também pretendem convocar o boicote de todas essas empresas?

A intenção dos advogados que representam as marcas é derrubar uma lei federal americana que restringe a definição de casamento às uniões heterossexuais. Para entender melhor: essa lei se chama Ato de Defesa do Casamento (Doma, na sigla em inglês), que define o casamento como uma união somente entre um homem e uma mulher.

Confira aqui a lista completa das empresas que assinam a petição.

Compartilhe: