Bar do Baixo é lacrado pela Prefeitura Regional de Pinheiros

Segundo os donos do estabelecimento, localizado no coração de Pinheiros, zona oeste de São Paulo, a interdição foi 'totalmente arbitrária'

Por: Redação | Comunicar erro
O Baixo foi lacrado nesta terça-feira

O Bar do Baixo, localizado no coração do bairro de Pinheiros, na esquina da rua Cardeal Arcoverde com a Belmiro Braga, zona oeste de São Paulo, foi lacrado pela Prefeitura Regional de Pinheiros nesta terça-feira, dia 25. Para os donos do local, a interdição foi “totalmente arbitrária”.

Em nota ao Catraca Livre, a Prefeitura Regional de Pinheiros afirmou que o estabelecimento foi emparedado “após descumprir ordem de interdição por risco a segurança, decretada em ação de fiscalização feita cinco dias antes”. “Informamos que o bar em questão já possui histórico de multas por incomodidade, inconformidade em relação a licença de funcionamento obtida em 2017, uso irregular de TPU levando a apreensão de mesas e cadeiras, além de um inquérito aberto junto ao Ministério Público”, diz o comunicado.

De acordo com os responsáveis pelo bar, as alegações para o fechamento são falsas e evidenciam uma perseguição ao local, possivelmente devido à especulação imobiliária. “Nós temos todas as vistorias em dia e estamos regularizados dentro da lei. Os fiscais nem conferiram nada antes de lacrar as portas”, explicam.

Os proprietários ainda dizem que um fiscal da prefeitura regional os alertaram que um promotor teria solicitado o fechamento do bar, protocolando na Justiça uma investigação que alega que o Baixo dava propina para a prefeita regional, Juliana Ribeiro. Esse mesmo promotor também já teria feito outras denúncias anônimas sem fundamento.

Segundo eles, a perseguição ao Bar do Baixo acontece há algum tempo. “Desde a época da Copa do Mundo, em 2014, temos sido acusados de todos os tipos de crime: estupro, tráfico de drogas, sequestro e crime eleitoral. Todas as acusações chegam de forma anônima, mas as autoridades já vieram aqui e viram que as denúncias não eram reais”, contam.

O Bar do Baixo fica no coração de Pinheiros, zona oeste

No Facebook, o antigo prefeito regional e pré-candidato a deputado estadual, Paulo Mathias, publicou uma foto da interdição e comemorou o ocorrido. “Hoje a prefeitura regional de Pinheiros emparedou (depois de todo o procedimento exigido em lei) um dos bares com mais reclamações na região, na Cardeal Arcoverde. Parabéns, prefeita Juliana!”, escreveu.

A publicação de Mathias logo recebeu muitas críticas de internautas. “Eu moro a duas quadras desse bar, e acho isso absurdo. A quem interessa fechar um bar que empregava gente, que movimentava o bairro, movimentava a economia? Lamentável. Perde o bairro, perde a cidade, perdemos todos nós. PS: E, sinceramente, quem mora na região e não gosta de bares por ali, deixe de ser mal-amado ou busque outro lugar para viver”, escreveu um morador da área.

O local é um símbolo de resistência cultural na região

A mobilização dos frequentadores do bar foi além do mundo virtual: eles organizaram um evento, por meio do Facebook, para convidar as pessoas a ocuparem a rua Belmiro Braga como forma de resistência. O encontro está previsto para ocorrer desde a noite desta quarta-feira, dia 25, até o próximo domingo, dia 29. A ideia é mostrar a importância do estabelecimento para a região e lutar por sua reabertura.

“O bar do Baixo é um espaço de resistência cultural. A gente trabalha com música brasileira e shows de artistas praticamente todos os dias. Nunca tivemos uma ocorrência de crime durante os eventos. A gente não tem poder sobre as pessoas quererem ficar na rua. Inclusive, fechamos o ‘quintal’ por causa do barulho para não atrapalhar os vizinhos”, finalizam os donos.

Veja abaixo o post feito pelo bar após o ocorrido:

Queridos amigos, clientes e colaboradores, é de sabedoria de todos que mesmo estando totalmente regularizados perante a…

Posted by Bar do Baixo on Wednesday, April 25, 2018

  • Leia também:

Compartilhe:

1 / 8
1
53s
Operação Lava-Jato prende ex-presidente Michel Temer
Em mais uma etapa da Operação Lava-Jato, a Polícia Federal prendeu na manhã desta quinta-feira, 21, o ex-presidente Michel Temer, …
2
02:53
Suzano e Nova Zelândia: os impactos da exposição excessiva
A primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, disse que o nome do atirador que matou 50 pessoas em uma mesquita em …
3
02:28
Posse de armas: Nova Zelândia dá exemplo de civilidade ao mundo
Após chocar o mundo nesta semana com o massacre de 50 pessoas em duas mesquitas de Christchurch, a Nova Zelândia …
4
03:10
Entenda o mistério por trás da boneca Momo
Ainda mais perturbador, o Desafio da Momo está de volta e desta vez a boneca aparece supostamente dentro de vídeos …
5
02:25
Bolsonaro apoia a construção de muro entre EUA e México
Em viagem diplomática a Washington, o presidente Jair Bolsonaro disse apoiar a construção do muro na fronteira entre EUA e México, …
6
01:42
A nova decisão do STF e o futuro da Lava Jato
O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que a partir de então os crimes de lavagem de dinheiro e corrupção quando …
7
02:31
Atentado na Nova Zelândia: crimes transmitidos nas redes sociais
Mais um atentado terrorista chocou o mundo nesta sexta-feira, dia 15. Um atirador realizou ataques simuntâneos em duas mesquitas, deixando …
8
01:45
O lugar em que os atiradores de Suzano foram considerados heróis
Uma reportagem publicada nesta terça-feira, 14, pelo portal da Vice indica que os atiradores que invadiram a Escola Estadual Raul …