Bolsonaro diz na ONU que auxílio no Brasil foi de mil dólares e revolta web

Segundo internautas, Bolsonaro mentiu ao falar em mil dólares aos beneficiários do auxílio emergencial. A indignação também gerou memes na internet; Veja:

Por: Redação
Ouça este conteúdo

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) causou revolta, nas redes sociais, após dizer em seu discurso na 75ª edição da Assembleia-Geral das Nações Unidas (ONU), nesta terça-feira, 22, que os beneficiários do auxílio emergencial receberam mil dólares, pagos pelo governo, como medida de diminuir os danos da crise econômica intensificada no país durante a pandemia de covid-19. Para web, o chefe do executivo é mentiroso.

bolsonaro mil dólares
Crédito: Reprodução/TwitterBolsonaro diz que auxílio no Brasil foi de mil dólares e revolta web

“Nosso governo, de forma arrojada, implementou várias medidas econômicas que evitaram o mal maior. Concedeu auxílio emergencial em parcelas que somam, aproximadamente 1.000 dólares para 65 milhões de pessoas, o maior programa de assistência aos mais pobres no Brasil e talvez um dos maiores do mundo”, afirmou Bolsonaro na ONU.

Seguindo o presidente, cada pessoa que foi atendida pelo benefício teria recebido, ao todo, algo em torno de R$ 5,4 mil, considerando a cotação do dólar durante a pandemia.

Mas a afirmação de Bolsonaro não corresponde a realidade. Se considerarmos que a maioria dos 65 milhões de brasileiros que receberam o auxílio emergencial tiveram cinco parcelas de R$ 600 – o que sabemos também não ser exato, visto o grande número de reclamações de pessoas que tinham o direito, mas ficaram sem receber –  o máximo que cada pessoa ganhou foi R$ 3 mil, isso representa pouco mais de 554 dólares. Valor muito distante dos R$ 5,4 mil, que representaria mil dólares.

O brasileiro não chega aos mil dólares, nem levando em conta as quatro parcelas adicionais de R$ 300, que serão repassadas até dezembro deste ano. Com os R$ 1,2 mil adicionais, o valor máximo repassado a cada beneficiário do auxílio emergencial seria de R$ 4,2 mil, o equivalente a quase 778 dólares.

Considerando que mães solteiras e mulheres chefes de família tiveram o auxílio dobrado, essa parcela da população brasileira, sim, recebeu mil dólares e até mais. Mas visto que nem todos os brasileiros atendidos pelo auxílio emergencial receberam as parcelas em dobro, a declaração do presidente na ONU não é verdadeira.

Vale destacar ainda, que a ação de Bolsonaro no início da pandemia passou longe de ser para atingir mil dólares de auxílio. Bolsonaro propôs, em março, auxílio de R$ 200,00. Foi com a ação do Congresso Nacional e pressão da sociedade civil que o valor da ajuda subiu para R$ 600,00, a contra gosto do presidente.

Na web, além de revolta pela declaração – o que fez Bolsonaro parar nos assuntos mais comentados do Twitter como mentiroso – os tais mil dólares também renderam muito memes. Confira a repercussão: