Bolsonaro diz que índios em reservas são ‘como animais em zoo’

A fala do presidente eleito sobre indígenas foi rebatida pela ex-ministra do meio ambiente Marina Silva

Por: Redação | Comunicar erro
Bolsonaro
Crédito: Tânia Rêgo/Agência BrasilFala de Bolsonaro sobre indígenas foi rebatida por Marina Silva

O próximo presidente do Brasil, a partir de 2019, Jair Bolsonaro, afirmou nesta sexta-feira, 30, que manter os índios em reservas seria a mesma coisa que tratá-los como “animais em zoológicos” e ressaltou que, do seu ponto de vista, os indígenas estão em situação “inferior a nós”.

A declaração do presidente eleito foi dada durante visita à Cachoeira Paulista, em São Paulo. Na ocasião, ele foi questionado por jornalistas sobre a capacidade do futuro governo de reduzir o desmatamento e a emissão de gases do efeito estufa, metas do Acordo de Paris – tratado assinado por 195 países que tem como objetivo reduzir o aquecimento global.

“Sobre o Acordo de Paris, nos últimos 20 anos, eu sempre notei uma pressão externa – e que foi acolhida no Brasil – no tocante, por exemplo, a cada vez mais demarcar terra para índio, demarcar terra para reservas ambientais, entre outros acordos que no meu entender foram nocivos para o Brasil. Ninguém quer maltratar o índio. Agora, veja, na Bolívia temos um índio que é presidente [Evo Morales]. Por que no Brasil temos que mantê-los reclusos em reservas, como se fossem animais em zoológicos?”, questionou ele, que durante campanha presidencial já havia se posicionado contra a participação do Brasil no Acordo do Paris, ameaçando, inclusive, a retirada do país do tratado.

“O índio é um ser humano igualzinho a nós. Querem o que nós queremos, e não podemos usar o índio, que ainda está em situação inferior a nós, para demarcar essa enormidade de terras, que no meu entender poderão ser, sim, de acordo com a determinação da ONU [Organização das Nações Unidas], novos países no futuro. Justifica, por exemplo, ter a reserva ianomâmi, duas vezes o tamanho do estado do Rio de Janeiro, para talvez, 9 mil índios? Não se justifica isso aí”, opinou.

“Insensibilidade”

marina silva
Crédito: Marcello Casal jr/Agência Brasil Marina Silva disse que fala de Bolsonaro comprova seu “desconhecimento” sobre os indígenas

A fala de Jair Bolsonaro sobre os indígenas foi rebatida pela ex-ministra do meio ambiente Marina Silva que, através de seu perfil no Twitter, disse que o futuro presidente “mostra mais uma vez o profundo desconhecimento e insensibilidade com os povos indígenas”.

“O modo de vida das populações indígenas precisa ser respeitado na sua singularidade, como prevista na Constituição que ele diz defender. Lamentável”, afirmou a líder da Rede, que disputou a presidência da República contra o militar.

Em outra postagem, Marina exaltou compromisso assinado nesta sexta pelo presidente Michel Temer para implementar o Acordo de Paris na reunião do G-20, “em oposição às bravatas de Bolsonaro, que podem trazer prejuízos enormes ao país, como o naufrágio do acordo comercial entre União Europeia e Mercosul”, ressaltou.

Recentemente, o presidente da França, Emmanuel Macron suscitou a possibilidade de seu governo não fechar acordo comercial entre a União Europeia e o Mercosul, caso os países-membros dos blocos econômicos não se comprometam com o Acordo de Paris.

“Não podemos pedir aos agricultores e trabalhadores franceses que mudem seus hábitos de produção para liderar a transição ecológica e assinar acordos comerciais com países que não fazem o mesmo. Queremos acordos equilibrados”, afirmou o líder francês durante visita à Argentina na quinta-feira, 29.

1 / 8
1
04:17
Estadão, Folha e O Globo apontam possível queda de Bolsonaro
Os jornais O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo e O Globo - de maior circulação no país - …
2
04:56
Maconha e nudez usadas no WhatsApp contra universidades
Entenda como o pensamento de Olavo de Carvalho, guru de Jair Bolsonaro, impactou e instaurou uma crise generalizada em uma …
3
03:22
Teoria da conspiração associa facada em Bolsonaro ao filho Carlos
Teorias conspiratórias são, por definição, baseadas na irrealidade. Em alguns casos, em loucura. Mas uma em especial tem ganhado destaque …
4
04:04
Justiça quebra sigilo bancário de Flávio Bolsonaro e Queiroz
As acusações envolvendo esquemas de corrupção no gabinete de Flávio Bolsonaro estão ganhando um novo capítulo. Pedra no sapato do …
5
02:52
Bolsonaro diz que vai indicar Sergio Moro para vaga no Supremo
O presidente Jair Bolsonaro se comprometeu em indicar o ministro Sergio Moro para uma vaga no Supremo Tribunal Federal. A …
6
03:41
Movimentos estudantis convocam ato contra os cortes na educação
Um ato marcado para esta quarta-feira, 15 de maio, promete mobilizar secundaristas, universitários, pós-graduandos, professores e outros profissionais contra os …
7
06:06
A construção do papel de mãe para quem opta pela adoção
O depoimento de Rosangela Ferreira faz parte do especial Mãe não é tudo igual, que destaca que cada maternidade tem …
8
06:33
O drama de retornar ao trabalho após a licença maternidade
O depoimento de Maria da Conceição faz parte do especial Mãe não é tudo igual, que destaca que cada maternidade …