CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Brasil é destaque em ranking das cidades mais violentas do mundo

Das 50 cidades avaliadas, 21 estão no Brasil e, sobretudo, na região Nordeste: Fortaleza, (12º), Natal (13º), Salvador e Região Metropolitana (14º), João Pessoa (16º), Maceió (18º) e São Luís (21º); Confira o ranking completo

Por: Redação

Com maior número de cidades entre as mais violentas do mundo, o Brasil é destaque em um ranking divulgado, na última segunda-feira, 25, pela ONG mexicana Seguridad, Justicia y Paz.

Das 50 localidades avaliadas, com taxa de homicídio superior a 100 mil habitantes em 2015, 21 delas estão em território nacional – sobretudo na região Nordeste: Fortaleza, (12º), Natal (13º), Salvador e Região Metropolitana (14º), João Pessoa (16º), Maceió (18º) e São Luís (21º).

Entre alguns detalhes da lista, a pesquisa levou em conta o número de homicídios por 100 mil habitantes, restrita apenas a cidades com, no mínimo, 300 mil pessoas. Além disso, países em “conflitos bélicos”, como Síria ou Iraque, não foram avaliados.

Um barril de pólvora chamado América Latina

O índice, realizado anualmente, traz na edição deste ano um panorama sobre o cenário marcado por sangue e violência que mancham a rotina de países como Venezuela, Honduras, El Salvador, México e Colômbia que, juntos, somam nove das 10 primeiras colocações – com exceção à Cidade do Cabo, na África do Sul.

Ainda que o Brasil apresente o maior número de representantes na lista, a Venezuela assume o maior índice de violência do comparativo. Se por aqui, a média chegou aos 45,5 homicídios a cada 100 mil habitantes, no vizinho venezuelano a taxa atingiu 74, 65. Além disso, a capital Caracas lidera o ranking da carnificina com 119,87 homicídios dolosos.

Violência “à brasileira”

Enquanto países da América Central e Caribe ocupam as primeiras posições no quadro da violência mundial, o Brasil também ostenta um posto do qual nada há de se orgulhar: ao todo, o país ocupa lugares em 21 das 50 cidades avaliadas, evidenciando a crescente violência em diferentes regiões – a exemplo das capitais Curitiba (PR) e Porto Alegre (RS)

Confira o ranking completo: 

1° – Caracas (Venezuela) – 119.87 homicídios/100 mil habitantes
2° – San Pedro Sula (Honduras) – 111.03
3° – San Salvador (El Salvador) – 108.54
4° – Acapulco (México) – 104.73
5° – Maturín (Venezuela) – 86.45
6° – Distrito Central (Honduras) – 73.51
7° – Valencia (Venezuela) – 72.31
8° – Palmira (Colômbia) – 70.88
9° – Cidade do Cabo (África do Sul) – 65.53
10° – Cali (Colômbia) – 64.27
11° – Ciudad Guayana (Venezuela) – 62.33
12° – Fortaleza (Brasil) – 60.77
13° – Natal (Brasil) – 60.66
14° – Salvador e região metropolitana (Brasil) – 60.63
15° – ST. Louis (Estados Unidos) – 59.23
16° – João Pessoa; conurbação (Brasil) – 58.40
17° – Culiacán (México) – 56.09
18° – Maceió (Brasil) – 55.63
19° – Baltimore (Estados Unidos) – 54.98
20° – Barquisimeto (Venezuela) – 54.96
21° – São Luís (Brasil) – 53.05
22° – Cuiabá (Brasil) – 48.52
23° – Manaus (Brasil) – 47.87
24° – Cumaná (Venezuela) – 47.77
25° – Guatemala (Guatemala) – 47.17
26° – Belém (Brasil) – 45.83
27° – Feira de Santana (Brasil) – 45.50
28° – Detroit (Estados Unidos) – 43.89
29° – Goiânia e Aparecida de Goiânia (Brasil) – 43.38
30° – Teresina (Brasil) – 42.64
31° – Vitória (Brasil) – 41.99
32° – Nova Orleans (Estados Unidos) – 41.44
33° – Kingston (Jamaica) – 41.14
34° – Gran Barcelona (Venezuela) – 40.08
35° – Tijuana (México) – 39.09
36° – Vitória da Conquista (Brasil) – 38.46
37° – Recife (Brasil) – 38.12
38° – Aracaju (Brasil) – 37.70
39° – Campos dos Goytacazes (Brasil) – 36.16
40° – Campina Grande (Brasil) – 36.04
41° – Durban (África do Sul) – 35.93
42° – Nelson Mandela Bay (África do Sul) – 35.85
43° – Porto Alegre (Brasil) – 34.73
44° – Curitiba (Brasil) – 34.71
45° – Pereira (Colômbia) – 32.58
46° – Victoria (México) – 30.50
47° – Johanesburgo (África do Sul) – 30.31
48° – Macapá (Brasil) – 30.25
49° – Maracaibo (Venezuela) – 28.85
50° – Obregón (México) – 28.29

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.