Últimas notícias:

Loading...

Brasil lidera ranking de diferença salarial entre e homens e mulheres; confira os números

Pesquisa feita pela Organização para Cooperação do Desenvolvimento Econômico (OCDE) reuniu dados de 46 países

Por: Redação

Relatório divulgado pela Organização para Cooperação do Desenvolvimento Econômico (ODCE), na última terça-feira, 24 de novembro, destaca que o salário médio de uma mulher brasileira com ensino superior é equivalente a 62% do que recebe um homem nas mesmas condições. Assim, o Brasil conquistou mais um pódio do qual nada pode se orgulhar, ao liderar o ranking de maior desigualdade de renda entre gêneros no mercado.

Ainda segundo o levantamento, homens brasileiros que possuem graduação recebem até duas vezes mais que a renda média nacional. Já no caso das mulheres, o percentual diminui para 52%.

Educação: questão de berço

Para chegar ao resultado, o relatório levou em conta informações educacionais de 2013, além de dados financeiros de 2012. Além disso, considerou também outros temas como investimento público em educação, onde ocupa a terceira posição com R$ 17,20 a cada R$ 100 destinados. À frente estão México e Nova Zelândia, com pouco mais de 18% revertido à pasta.

Se for levado em conta as condições de trabalho dos docentes, o número de alunos por professor no Brasil registra média de 21 alunos por sala de aula no Ensino Fundamental – resultado abaixo da média da OCDE, que julga ideal 15 alunos por turma.

Sobre jovens brasileiros, de 20 a 24 anos, que estavam fora de sala de aula em 2013, o percentual chegou a 76%. Na mesma faixa etária, o índice alcança pouco mais que metade do público com 52% – pior resultado entre os países avaliados.

Compartilhe:

?>