CORONAVÍRUS
Tudo o que você precisa saberÚltimas notícias e tudo que você precisa saber

Brasileira está em lista da BBC das 100 mulheres mais influentes

A soprano gaúcha Gabriella Di Laccio é fundadora do Projeto Donne: Women in Music, que promove o trabalho de compositoras

Por: Redação
Gabriella Di Laccio
Crédito: Reprodução / Facebook / Klapouch FotografiaGabriella é a única brasileira homenageada na lista

Uma brasileira está entre as 100 mulheres influentes e inspiradoras de 2018 escolhidas pela BBC. Radicada em Londres, a soprano gaúcha Gabriella Di Laccio, de 44 anos, é fundadora do Projeto Donne: Women in Music, que promove o trabalho de compositoras.

Em sua página no Facebook, a brasileira disse estar “profundamente honrada” com a nomeação. “Como cantora, sinto-me sempre muito privilegiada por trabalhar com essa arte tão rica que é a música, cuja linguagem universal tem o poder de tocar tantas pessoas independentemente de gênero, posição social ou nacionalidade”, escreveu.

“O projeto Donne: Women in Music apresentou-me um mundo novo de estórias inspiradoras. Agradeço a todas as mulheres incríveis que fazem parte da minha jornada e aplaudo todas as mulheres nessa lista! Que elas continuem a nos encorajar a trabalhar cada vez mais para inspirar mais pessoas no nosso caminho e assim contribuirmos para uma sociedade melhor”, completou.

I am profoundly humbled and honoured to be named one of the BBC's 100 inspiring and influential women from around the…

Posted by Gabriella Di Laccio on Monday, November 19, 2018

A lista é divulgada anualmente e faz parte do projeto “100 Mulheres”, criado em 2013. As escolhidas por terem se destacado em suas áreas de atividades vêm de mais de 60 países e têm idades que variam de 15 a 94 anos. Suas histórias serão contadas pela rede britânica nas próximas semanas em texto ou vídeo.

Veja abaixo algumas mulheres que fazem parte da lista (em ordem alfabética pelo sobrenome):

1) Abisoye Ajayi-Akinfolarin, 33 – Empreendedora com impacto social, Nigéria

2) Esraa al-Shafei, 32 – Diretora executiva da organização sem fins lucrativos, Majal.org., Bahrain

3) Svetlana Alekseeva, 18 – Modelo, Rússia

4) Lizt Alfonso, 51 – Diretora e coreógrafa, Cuba

5) Nimco Ali, 35 – Escritora e ativista, Somalilândia

6) Isabel Allende, 76 – Escritora, Peru

7) Boushra Yahya Almutawakel, 49 – Artista, fotógrafa e ativista, Iêmen

8) Alina Anisimova, 19 – Estudante de programação, Quirguistão

9) Frances Arnold, 62 – Professora de Engenharia Química, Bioengenharia e Bioquímica, EUA

10) Uma Devi Badi, 54 – Primeira-ministra, Nepal

Confira a lista na íntegra.

Compartilhe:

1
‘Na Fila do SUS’ retrata o sucateamento da saúde pública em plena pandemia
 'Na Fila do SUS' é uma websérie em formato original com seis episódios que estreia disponível exclusivamente, na plataforma online …
2
Governo libera uso da cloroquina para pacientes em estado leve da covid-19; classe médica discorda
Após pressão do presidente Jair Bolsonaro, o Ministério da Saúde cedeu e ampliou o  protocolo para uso da cloroquina e …
3
Felipe Neto no Roda Vida: confira os principais momentos do programa
Convidado do Roda Viva, da TV Cultura, na noite desta segunda-feira, 18, o youtuber Felipe Neto afirmou que faz um …
4
Flávio Bolsonaro rebate acusação feita por Paulo Marinho sobre o caso Queiroz
O senador Flávio Bolsonaro rebateu a acusação feita pelo empresário Paulo Marinho em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo …
5
Entenda os motivos do pedido de demissão do ministro da Saúde, Nelson Teich
Antes mesmo de completar um mês à frente do Ministério da Saúde, o ministro Nelson Teich pediu demissão do cargo …
6
Guia Negro Entrevista: O que é ser um corpo negro no mundo?
Neste décimo e último episódio da terceira temporada do Guia Negro Entrevista, o programa revisita seu passado para apresentar um …
7
Vídeo da reunião de Bolsonaro com Moro pode incriminar o presidente? Entenda
E não é que a exibição do vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril citado pelo ex-ministro Sergio …
8
3 países que mostraram que é possível conter o coronavírus
Nova Zelândia, Alemanha e Taiwan. O que esses três locais têm em comum? Eles mostraram para o mundo que ações rápidas …