Cachorro idoso cuida e consola gata abandonada

Paxton e Polly são tão unidos que parecem um só

Por: ANDA - Agência de Notícias de Direitos Animais
Cachorro e gata
Crédito: Reprodução | InstagramPaxton e Polly convivem com muito amor dentro de casa

O mito de que cães e gatos são inimigos naturais já está mais do que superado e um exemplo disto é a bela amizade entre o labrador Paxton, de 12 anos, e a gatinha Polly, uma pequena bebê ainda descobrindo o mundo. Os animais têm personalidades completamente diferentes, mas falam o mesmo idioma: o amor.

A relação entre os dois teve início quando a tutora de Paxton, Morgan McKenzie, estava andando no quintal de sua residência em Delaware, nos Estados Unidos, e ouviu pequenos e suaves miados. Então, encontrou uma pequena e frágil filhote sozinha. Acreditando que a gatinha estava chamando a mãe, Morgan a deixou no mesmo lugar e esperou.

No mesmo dia, mais tarde, retornou ao local onde a gatinha estava e percebeu que ela continuava lá, desamparada. Logo ela percebeu que precisaria abrigá-la, pois possivelmente a bebê não tinha mais ninguém. Mas então surgiu a preocupação da tutora: como Paxton, seu adorado “filho único” reagiria?

Confira o final desta história e outras notícias inspiradoras sobre animais na ANDA (Agência de Notícias de Direitos Animais).

Como cuidar de um gato ou cão filhote?

Alimentação

O leite da mãe fornece tudo o que um filhote precisa durante as primeiras quatro semanas de vida. Portanto, na falta dela, consulte um veterinário ou procure por um abrigo que possa ajudá-lo a encontrar uma gata ou cadela em período de amamentação e ser ama de leite por um tempo.

Só é preciso estar ciente de que esta é uma opção que pode não dar certo, pois nem todas as cadelas e gatas aceitam filhotes que não sejam os delas.

Se você não conseguir encontrar uma mãe adotiva, compre um substituto de leite materno industrializado em pet shops e ofereça em uma mamadeira especial para eles. Pet Milk ou Support Milk são algumas das opções de alimento completo e seguro para cães e gatos filhotes, lembrando que é de extrema importância o acompanhamento de um veterinário para orientá-lo durante esse período.

Esse leite em pó deve ser diluído na água e aquecido entre 35°C e 38°C em banho-maria. Ao amamentar o animalzinho, ele deve estar obrigatoriamente de barriga para baixo, caso contrário poderá engasgar e aspirar o líquido para os pulmões.

É muito importante não oferecer leite de vaca para o filhote, pois além de não ser facilmente digerível, pode causar diarreia.

Também vale dizer que água só deve ser apresentada a partir dos 35 dias de vida. Antes disso, o leite já cumpre o papel de hidratação.

Saiba mais aqui.

Compartilhe:

Por: ANDA - Agência de Notícias de Direitos Animais

O maior portal de notícias sobre animais do Mundo.

Termos da rede:

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário ANDA - Agência de Notícias de Direitos Animais da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.