A cada 11 dias, 1 pessoa morre ou se fere gravemente na Mogi-Bertioga

Por: Catraca Livre
 

Entre janeiro de 2014 e maio deste ano, acidentes de trânsito na rodovia Mogi-Bertioga provocaram 21 mortes e deixaram 58 pessoas gravemente feridas. Isso representa um registro dessa natureza a cada 11 dias.

É o que aponta levantamento feito pelo CPRv (Comando de Policiamento Rodoviário), da Polícia Militar, obtido pelo Fiquem Sabendo. (Veja, abaixo, a representação gráfica desses dados.)

 

O levantamento não contabiliza as 18 mortes e 17 feridos no tombamento de um ônibus que fazia o fretamento de estudantes universitários, na noite desta quarta-feira (8), no km 84 da Mogi-Bertioga, entre Biritiba-Mirim e Bertioga.

Ocupantes de ônibus representam 0,52% dos mortos em acidentes

Das 6.066 mortes decorrentes de acidentes de trânsito no Estado de São Paulo em 2015, 32 foram de ocupantes de ônibus. Esse número representa 0,52% do total.

Entre janeiro e abril deste ano, o Estado registrou 1.893 mortes em acidentes _9 (0,47%) eram ocupantes de ônibus.

Mais da metade (57%) das mortes em acidentes registradas no ano passado no Estado foram de pedestres ou motociclistas.

Esses dados constam do banco de dados Infosiga SP, do governo do Estado.

Veja aqui a íntegra da reportagem.

Compartilhe: