Campanha mostra que transexualidade na infância ainda é um tabu

Uma campanha espanhola de conscientização sobre a transexualidade na infância vem chamando a atenção da mídia internacional. Desde o dia 10 de janeiro, 150 cartazes que trazem uma ilustração de crianças despidas correndo e sorrindo quer chamar a atenção da população do país sobre o preconceito em torno de crianças que não se identificam com seu sexo de nascimento. Acompanhando o desenho, a frase:

“Há meninas que têm pênis e meninos que têm vagina. É simples assim.  Mas a maioria deles sofre diariamente, porque a sociedade não conhece essa realidade”

Criada pela associação espanhola Crysalis, que reúne famílias de crianças transexuais, a campanha gerou as mais diversas e extremas reações. Em entrevista à BBC, a porta-voz da instituição, Beatriz Sever, contou que alguns cartazes foram rasgados e combatidos com símbolos religiosos, e em um deles o desenho original foi coberto por uma vagina e um pênis na menina e no menino, respectivamente.

Beatriz ressalta que o objetivo da ação é sensibilizar a população sobre o preconceito contra crianças trans e denunciar o preconceito vivenciado por elas, o que reflete em altas taxas de suicídio na vida adulta – “A taxa de tentativa de suicídio entre adultos transexuais a quem foi negada sua identidade durante a infância é de 41%”, informam os cartazes.

"Precisamos falar delas. Sua felicidade também depende de você", alerta o cartaz.
“Precisamos falar delas. Sua felicidade também depende de você”, alerta o cartaz.

Pela liberdade de ser e igualdade

Os tabus em torno da sexualidade na infância atingem o desenvolvimento pleno da criança, que cresce tomada por medos, inseguranças e desconhecimento sobre o próprio corpo. Quando associada a crianças cuja orientação de gênero desvia dos padrões normativos do que é considerado normal, o preconceito se agrava ainda mais.

"A taxa de tentativa de suicídio entre adultos transexuais a quem foi negada sua identidade durante a infância é de 41%", informa o texto da campanha que vem sofrendo ataques de um grupo de advogados, que organizou um abaixo-assinado contra a ação.
“A taxa de tentativa de suicídio entre adultos transexuais a quem foi negada sua identidade durante a infância é de 41%”, informa o texto da campanha que vem sofrendo ataques de um grupo de advogados, que organizou um abaixo-assinado contra a ação.

“Na organização, temos membros que são católicos e de diferentes inclinações políticas. Só um grupo bem pequeno da sociedade rejeitou a campanha. Não tem nada de ofensiva. São corpos de crianças, é parte da natureza”, conta Beatriz.

Ela explica que a campanha se preocupou em falar de um problema que é a realidade de muitas crianças e suas famílias, e assim gerar um debate com base em argumentos racionais e científicos.

“Queremos transmitir a mensagem de que a natureza não é uma máquina de xerox, que a natureza é diversidade”, defenda.

*Com informações de UOL

Leia mais:

1 / 8
1
03:54
Bancada do PSL passa vergonha ao convocar e desconvocar Glen Greenwald
O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) apresentou na quarta-feira, dia 12, um requerimento na Comissão de Segurança Pública da Câmara …
2
03:48
O melhor jornal do mundo faz a pior reportagem para Bolsonaro
Essa é a pior reportagem já publicada num jornal estrangeiro contra Jair Bolsonaro. Por dois motivos: saiu no mais importante …
3
03:47
A estranha conexão entre o caso Najila Trindade e Sérgio Moro
O jornalista Gilberto Dimenstein publicou em sua coluna no site Catraca Livre um texto em que conecta dois casos de …
4
03:04
Entendas os possíveis impactos do vazamento das mensagens de Moro
O site The Intercept Brasil divulgou trechos de mensagens trocadas entre o então juiz Sérgio Moro, atual ministro da Justiça, …
5
02:00
Tire todas as dúvidas sobre a doação de sangue
O frio chegou para te lembrar sobre a importância de doar sangue. Uma simples doação pode ajudar até quatro pessoas! Durante …
6
02:58
O que revela a foto de Bolsonaro ao lado de Neymar
O presidente Jair Bolsonaro postou uma foto ao lado de Neymar após o amistoso entre Brasil e Qatar, que aconteceu …
7
05:25
Projeto pode acabar com multa no transporte de criança sem cadeirinha
De acordo com o projeto de lei entregue pessoalmente pelo presidente Jair Bolsonaro na Câmara dos Deputados nesta terça-feira, dia …
8
02:00
Maior parte dos brasileiros é contra flexibilização das armas
Uma pesquisa divulgada pelo Ibope aponta que a maior parte dos brasileiros não apoia a flexibilização do porte e da …