Candidato que se declarar negro deverá provar presencialmente

Por: Redação Comunicar erro

O Ministério do Planejamento e Gestão (MPOG) publicou no “Diário Oficial da União” nesta terça-feira, dia 2, novas orientações para órgãos do governo com o objetivo de comprovar se os candidatos a concursos que se autodeclaram negros são mesmo negros.

De acordo com a medida, os candidatos terão de provar presencialmente que são negros. A comissão responsável deverá considerar os “aspectos fenotípicos do candidato, os quais serão verificados obrigatoriamente com a presença do candidato”. Os editais dos concursos deverão detalhar os métodos de verificação e informar em que momento será feita a análise.

As novas regras entraram em vigor nesta terça-feira

Está previsto o direito de recurso caso a comissão não concorde com a declaração do candidato. Se a comissão verificar que é falsa, o candidato será eliminado da seleção.

Como a portaria entrou em vigor nesta terça, os concursos em andamento – antes da publicação da homologação do resultado final – deverão retificar seus editais para atender às novas regras.

Cotas

Criada em junho de 2014, a lei º 123990/2014 reserva 20% das vagas nos concursos públicos federais para candidatos negros. A medida tem prazo de validade previsto de dez anos.

De acordo com o texto, no ato de inscrição para a seleção, o candidato que queira concorrer pelo sistema de cotas deve se declarar de cor preta ou parda, segundo quesito usado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O candidato que se declarar negro vai concorrer às vagas destinadas à ampla concorrência e também às cotas. Caso ele seja aprovado dentro do número de vagas para a ampla concorrência, sua vaga não será computada para preencher a reserva das cotas.

Com informações da Folha de S.Paulo

Compartilhe:

Tags: #Concursos
1 / 8
1
08:59
Lobão analisa a relação de Bolsonaro com seus filhos
Um dos poucos nomes do meio artístico a apoiar a eleição de Jair Bolsonaro (PSL), o músico Lobão revelou recentemente …
2
08:31
Lobão explica como funciona a mente de Olavo de Carvalho
Em entrevista ao vivo no estúdio da Catraca Livre para o jornalista Gilberto Dimenstein, o cantor Lobão, ex-afeto de Olavo …
3
03:39
Alter do Chão sofre com incêndio de grandes proporções
As chamas que consomem uma área de preservação ambiental de Alter do Chão, em Santarém, no Pará, voltaram a se …
4
09:33
Glenn Greenwald: Os limites do jornalismo no governo Bolsonaro
Em entrevista a Gilberto Dimenstein, da Catraca Livre, Glenn Greenwald, fundador do The Intercept Brasil, site responsável pela série de …
5
03:50
Clã Bolsonaro nomeou familiares para cargos de confiança
Uma reportagem publicada pela revista Época mostra que 17 familiares de Ana Cristina Valle, ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro,  foram …
6
10:59
David Miranda x Coaf: Glenn Greenwald fala sobre a investigação
Uma matéria publicada pelo jornal O Globo deu destaque para um relatório do Coaf, em que o deputado federal David …
7
05:12
Glenn Greenwald fala qual foi a matéria mais importante da #VazaJato
Qual foi a matéria mais importante da #VazaJato até agora? Quem responde essa pergunta é o jornalista Glenn Greenwald, do …
8
04:32
É possível apoiar a #VazaJato ao mesmo tempo que a Operação Lava Jato?
O jornalista Glenn Greenwald, fundador do site The Intercept Brasil, deu uma longa entrevista ao jornalista Gilberto Dimenstein sobre a …