Candidato a vereador ‘transforma’ número de votos em árvores

Após não ser eleito, o jovem decidiu lançar um projeto para plantar 873 árvores em Colatina (ES)

Por: Heloisa Aun

O estudante de Arquitetura e Urbanismo, João Marcos Cunha Filho, de 24 anos, se candidatou a vereador de Colatina, no Espírito Santo, neste ano, mas não foi eleito. Com propostas voltadas ao meio ambiente, o jovem decidiu transformar o número de votos que recebeu, 873 no total, em árvores que serão plantadas ao longo de quatro anos.

A ideia surgiu para cumprir as promessas feitas durante a campanha eleitoral: reflorestar nascentes, margens dos rios e topos de morros em Colatina, município que sofreu os impactos ambientais do desastre de Mariana (MG), em 5 de novembro de 2015. Ao Catraca Livre, João contou que já plantou algumas mudas de espécies, como paineira rosa, ipê amarelo e pata de vaca.

Assim que soube do resultado das eleições, o estudante fez um post no Facebook para explicar o projeto do plantio de árvores, mobilizando muitas pessoas interessadas em ajudar. “Agora, estou em busca de doação de mudas e sementes. Pretendo, com as sementes, criar minhas próprias mudas que serão doadas e também plantadas por mim”, afirma.

Para conseguir plantar as 873 árvores, João quer se unir a professores do Instituto Federal do Espírito Santo (IFES) com o objetivo de fazer o mapeamento das nascentes e locais de risco de desmoronamento em Colatina.

“Após feita a análise, pretendo buscar ajuda dos profissionais do Instituto Terra para decidir quais espécies trarão melhor resultado para cada região e saber qual a forma correta de reflorestar as nascentes, processo bem mais complexo do que simplesmente plantar árvores no local”, completa.

O jovem busca apoio de outras pessoas e instituições para colocar o projeto em prática
O jovem busca apoio de outras pessoas e instituições para colocar o projeto em prática

Propostas

João decidiu se candidatar a vereador por estar cansado de ver sempre os mesmos nomes na política municipal de Colatina. “Acredito que a política só se renovará com gente nova e que, de fato, queira contribuir com a sociedade e não com interesses próprios ou de grupos políticos”, ressalta.

Uma de suas propostas durante a campanha era criar “viveiros de mudas” nas escolas, além de adotar o “Escolas Solares”, um programa apoiado pelo Greenpeace que prevê a instalação de placas solares na rede municipal. O candidato também apresentou como projeto a criação de novas leis que incentivem o reflorestamento das nascentes, margens de rios e topos de morros.

Por: Heloisa Aun

Repórter de Cidadania na Catraca Livre. ("nossas costas / contam histórias / que a lombada / de nenhum livro / pode carregar" - Rupi Kaur)

1
Chuva forte deixa São Paulo debaixo d’água
A chuva que começou ontem não deu sinal de trégua e fez São Paulo amanhecer debaixo d’água nesta segunda-feira, 10. …
2
Coronavírus: aviões da FAB vão retirar brasileiros de Wuhan, na China
Dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) decolaram nesta quarta-feira, 5, em direção a Wuhan, na China, para retirar os …
3
BBB20: Mulheres decidem o destino de Pétrix Barbosa
A união das mulheres  decidiu o destino de Pétrix não apenas no Big Brother Brasil 20, mas também fora da …
4
Damares Alves: abstinência sexual, protesto e contradição?
Por que este grupo de mulheres deu as costas para a ministra Damares Alves enquanto ela defendia sua política de …
5
Bolsonaro e a demissão do secretário que viajou com jato da FAB
O presidente Jair Bolsonaro anunciou em sua conta no Twitter que vai tornar sem efeito a nomeação de José Vicente …
6
Visibilidade trans: a história de Thais de Azevedo
O que é violência para você? Para Thais de Azevedo essa pergunta resume uma trajetória de vida. Como mulher trans, …
7
Qual o impacto do feminismo na periferia ? Luana Hansen dá a letra
Dj, MC e produtora musical, Luana Hansen fez e faz história no movimento hip hop há, pelo menos, duas décadas. …
8
Brumadinho: relatos lembram a maior tragédia socioambiental do Brasil
Há um ano, a cidade de Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte (MG) viveria um pesadelo difícil de ser esquecido.Era …