Capitão Assumção, do PSL, oferece R$ 10 mil a quem matar assassino

Fala do deputado pode ser considerada crime; parlamentar diz não se arrepender da declaração

Por: Redação Comunicar erro

Capitão Assumção (PSL-ES) gerou polêmica ao oferecer R$ 10 mil para quem matar o criminoso que assassinou uma mulher em frente à filha de 4 anos, em Cariacica, no Espírito Santo, na última quarta-feira, 11.

Capitão Assumção
Crédito: Reprodução/TV GazetaO deputado estadual Capitão Assumção deu declaração polêmica em discurso no plenário

“R$ 10 mil do meu bolso para quem mandar matar esse vagabundo. Isso, não merece estar vivo não. Eu tiro do meu bolso para quem matar esse vagabundo aí. Não vale dar onde ele está localizado. Tem que entregar o cara morto, aí eu pago. Porque vagabundo, vagabundo, que tira a vida de inocente vai lá usar o sistema para ser beneficiado?”, declarou o deputado estadual no plenário da Assembleia Legislativa do estado.

De acordo com o G1, a declaração do capitão aposentado da Polícia Militar pode ser considerado crime e extrapola a imunidade parlamentar, além de ferir o estado democrático de direito.

O advogado e professor de direito Raphael Boldt acredita que a fala do parlamentar é considerada um crime previsto no artigo 286 do Código Penal, que trata de incitação pública ao crime. Boldt disse ainda que a declaração pode ser considerada ainda mais grave caso alguém, de fato, execute o assassino.

Em entrevista à TV Gazeta, o deputado confirmou o discurso e disse não considerar antiética ou criminosa suas palavras.

“Eu não vou modificar nada do que eu falei e vou tratar essa questão dentro do parlamento e da imunidade parlamentar. Antiético é essa barbárie cometida com os capixabas. O cidadão perdeu o direito de ir e vir, e quem está tendo todas as garantias do estado é o bandido. Isso que está errado”, disse.

Compartilhe:

1 / 8
1
08:59
Lobão analisa a relação de Bolsonaro com seus filhos
Um dos poucos nomes do meio artístico a apoiar a eleição de Jair Bolsonaro (PSL), o músico Lobão revelou recentemente …
2
08:31
Lobão explica como funciona a mente de Olavo de Carvalho
Em entrevista ao vivo no estúdio da Catraca Livre para o jornalista Gilberto Dimenstein, o cantor Lobão, ex-afeto de Olavo …
3
03:39
Alter do Chão sofre com incêndio de grandes proporções
As chamas que consomem uma área de preservação ambiental de Alter do Chão, em Santarém, no Pará, voltaram a se …
4
09:33
Glenn Greenwald: Os limites do jornalismo no governo Bolsonaro
Em entrevista a Gilberto Dimenstein, da Catraca Livre, Glenn Greenwald, fundador do The Intercept Brasil, site responsável pela série de …
5
03:50
Clã Bolsonaro nomeou familiares para cargos de confiança
Uma reportagem publicada pela revista Época mostra que 17 familiares de Ana Cristina Valle, ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro,  foram …
6
10:59
David Miranda x Coaf: Glenn Greenwald fala sobre a investigação
Uma matéria publicada pelo jornal O Globo deu destaque para um relatório do Coaf, em que o deputado federal David …
7
05:12
Glenn Greenwald fala qual foi a matéria mais importante da #VazaJato
Qual foi a matéria mais importante da #VazaJato até agora? Quem responde essa pergunta é o jornalista Glenn Greenwald, do …
8
04:32
É possível apoiar a #VazaJato ao mesmo tempo que a Operação Lava Jato?
O jornalista Glenn Greenwald, fundador do site The Intercept Brasil, deu uma longa entrevista ao jornalista Gilberto Dimenstein sobre a …