Últimas notícias:

Loading...

Caso Fabíola: Avon dá aula contra o machismo nas redes sociais e ganha apoio de feministas

"A Avon não compactua com nenhuma situação que exponha ou degrade mulheres", declarou a empresa em sua página no Facebook

Por: Redação

O episódio que expôs a vida da bancária mineira, Fabíola Barros, ainda repercute nas redes sociais. Dias após o Brasil, do Óiapoque ao Chuí, dar um exemplo prático do que pode ser o machismo dos tempos modernos – capaz de crucificar o ato da mulher, mas simplesmente ignorar a participação do melhor amigo e cunhado de Carlos Eduardo (além da agressão, inclusive, filmada) – o caso se multiplica nas redes por meio de memes, montagens, gifs e toda forma de humilhação pública que a internet pode proporcionar.

Apesar da lamaceira toda, ainda há quem diga que resta esperança: prova disso foi o posicionamento da empresa de cosméticos Avon, diante do comentário de um cliente em sua página no Facebook. “Depois dessa Fabíola vai ter muitas mulheres recebendo caixas de esmalte de presente de natal do marido SE PREPARA AVON QUE TU VAI ENRIQUECER”.

Em resposta à pseudopiada, digna do decadente senso de humor brasileiro, a empresa se manifestou: “A Avon não compactua com nenhuma situação que exponha ou degrade mulheres. Tendo em vista que um dos principais lemas da empresa é o empoderamento feminino, não compactuaremos com situações de violência ou slut shaming em qualquer situação. Agradecemos o seu comentário”.

Reprodução
Comunicado da empresa viralizou nas redes sociais e ganhou repercussão em páginas feministas

Compartilhe:

Tags: #Facebook