Informar

Com gritos de ‘homofóbico’, ativistas jogam glitter em Bolsonaro

O deputado chegou a ser condenado por causa de declarações homofóbicas em um programa de TV

Por: Redação | Comunicar erro

Ativistas do Levante Popular da Juventude realizarem nesta terça-feira uma ação direta contra o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ), em Porto Alegre (RS). Com gritos de “homofóbico” e “fascista”, o grupo jogou glitter rosa na cabeça do político. O vídeo foi compartilhado na página do movimento no Facebook, com a frase: “fora transfobia”, em referência ao Dia da Visibilidade Trans (29 de janeiro).

Bolsonaro é conhecido por fazer declarações polêmicas, como quando incitou a homofobia ao dizer que “seria incapaz de amar um filho homossexual”, exaltou a ditadura militar ou ainda no dia em que disse à deputada Maria do Rosário (PT-RS) que não a estupraria porque ela “não merece”.

Bolsonaro levou um banho de glitter rosa nesta terça

O deputado chegou a ser condenado a pagar indenização de R$ 150 mil ao Fundo de Defesa dos Direitos Difusos (FDDD), criado pelo Ministério da Justiça, por conta de declarações homofóbicas no programa CQC, da Band, em 2011.

Assista ao vídeo abaixo:

Levante e Brilhe contra a transfobia!!!!Jogamos glitter no Bolsonaro!!!!Fora transfobia!!!

Posted by Levante Popular da Juventude on Tuesday, January 26, 2016

Compartilhe: