Concurso Miss America exclui desfile de biquínis

Organização da disputa não julgará mais as candidatas pela aparência

Por: Redação
Miss America vai abolir desfile de biquíni

O Miss America entrará em uma nova era a partir da próxima edição do concurso. A versão dos Estados Unidos equivalente ao Miss Brasil mudou o esquema de avaliação das candidatas e eliminou a etapa dos desfiles de biquínis e maiôs.

Segundo Gretchen Carlson, presidente da organização do Miss America e vencedora da disputa em 1989, a ideia é banir o julgamento das participantes baseado na aparência.

“Tenho ótimas ideias para essa organização. Não somos mais uma cerimônia, somos uma competição. Não julgaremos mais nossas candidatas por sua aparência exterior, isso significa que não teremos mais uma competição de maiôs”, declarou em entrevista ao programa “Good Morning America”.

A presidente garantiu que agora as mulheres que se candidatarem serão julgadas por suas personalidades: “Queremos ser abertos, inclusivos a mulheres que possam não ter estado confortáveis em participar de nosso programa antes. Nós sempre tivemos talento e bolsas de estudos, nós precisamos transmitir essa parte do programa melhor também. Mas agora não vamos te julgar por sua aparência, porque estamos interessados em o que faz você”.

O Miss America passou por mudanças em 2017 depois que o presidente e outros executivos do concurso foram denunciados por comentários machistas e ofensivos sobre as participantes.

  • Falando em Miss, a mais nova coroada do Brasil é Mayra Dias. A modelo quebrou o jejum do Amazonas de 61 anos sem vencer o concurso e carrega a coroa desde o dia 26 de maio, data em que rolou a competição deste ano. Além do título, a amazonense natural de Itacoatiara, região metropolitana de Manaus, também ganhou um carro 0 km, uma viagem de cruzeiro, joias e um contrato de R$ 100 mil.

Leia também:

Compartilhe: