Últimas notícias:

Loading...

Condenado por estupro em Stanford será solto no fim de semana

Por: Redação

O ex-aluno da Universidade de Stanford, Brock Turner, foi preso em janeiro de 2015 acusado de estuprar uma jovem que estava inconsciente. Em março deste ano, ele foi condenado a apenas seis meses de prisão por ter sido considerado culpado em três acusações de abuso sexual – pena que chegaria a 14 anos.

No entanto, depois de três meses, Turner vai sair da cadeia na próxima sexta-feira, dia 2. De acordo com informações do Huffington Post, a sentença foi reduzida antes mesmo que ele fosse para trás das grades devido aos “créditos automáticos” de bom comportamento.

Durante a pena, o acusado foi mantido todo o tempo sob custódia e proteção especial por causa dos riscos de ser agredido por outros presos.

O ex-aluno de Stanford foi condenado a apenas seis meses de prisão

O crime teve maior repercussão quando a vítima de Turner se dirigiu diretamente a ele no tribunal e leu uma carta longa e comovente em voz alta. “Você não me conhece, mas você esteve dentro de mim, e é por isso que nós estamos aqui hoje”, diz o início do texto.

“O que eu me lembro a seguir é de perceber que estava em uma maca em um corredor. Tinha sangue coagulado e curativos nas costas das minhas mãos e no meu cotovelo. Eu pensei que talvez tivesse caído e que estava em um escritório administrativo do campus”, continua o testemunho.

A pena de seis meses causou revolta e fez a Califórnia modificar sua legislação para estabelecer um tempo mínimo de três anos de prisão para casos como o de Stanford.

Compartilhe: