Corinthiano é preso em estádio por se manifestar contra Bolsonaro

O torcedor registrou boletim de ocorrência contando ter sido algemado e humilhado pelos policiais.

Por: Redação

Corinthiano é preso por se manifestar contra o presidente Jair Bolsonaro, neste domingo, 4, durante Clássico Corinthians e Palmeiras, no estádio do time alvinegro, em Itaquera, Zona Leste da capital paulista.

Corinthiano preso estádio Bolsonaro
Crédito: Reprodução/FacebookCorinthiano Rogério Lemos é preso em estádio por se manifestar contra Bolsonaro

O torcedor do Corinthians Rogério Lemes Coelho afirma, em seu Facebook, que gritava “Ei, Bolsonaro, vai tomar no c*” quando policiais o abordaram dentro do estádio. “Quando senti, o policial já estava me dando um mata-leão. Estou todo dolorido”, disse.

Lemos foi levado para o 2° Batalhão De Polícia De Choque, na Luz, onde registrou boletim de ocorrência contando ter sido algemado e humilhado pelos policiais. Em fotos, aparece com escoriações nos dedos e nos pulsos.

Gente boa do meu Brasil , hoje entrei na Arena Corinthians expondo minha opinião contra o atual governo e olha o q aconteceu!!!Fui preso!Humilhado!Algemado!!

Posted by Rogerio Lemes Coelho on Sunday, August 4, 2019

Também foram ouvidos os agentes que realizaram a prisão de Lemes. Eles disseram que encaminharam o torcedor à delegacia “para evitar um princípio de tumulto” e “utilizando os meios necessários”.

Gente boa do meu Brasil , hoje entrei na Arena Corinthians expondo minha opinião contra o atual governo e olha o q aconteceu!!!Fui preso!Humilhado!Algemado!!

Posted by Rogerio Lemes Coelho on Sunday, August 4, 2019

A Secretaria de Segurança Pública disse que o caso ainda está em apuração.