Publicidade

Informar

Criança morre após comer bolo com drogas no meio

A sobremesa teria sido preparada pela mãe da criança para o marido que está preso

Por: Redação | Comunicar erro
...
Publicidade
A criança comeu um bolo com drogas no meio

A Polícia Civil do Acre informou nesta quarta-feira, 16, que o bolo ingerido por Kethelly Katrinny, de 1 ano e 11 meses, antes da menina morrer, tinha entorpecentes.

A criança morreu no último dia 25 após comer um bolo feito pela mãe, em Manoel Urbano, cidade do interior do Acre. A sobremesa seria levada para o pai da menina, que está preso no Presídio de Sena Madureira, cidade vizinha.

O laudo com o resultado saiu na última terça-feira, 15.

“No conteúdo estomacal conseguimos identificar inequivocamente a presença do THC, que é o princípio ativo da cannabis sativa, a maconha”, disse Giulliano Cezarotto, perito criminal do Instituto Florense do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC).

De acordo com informações do G1, o perito revelou ainda que não foi encontrada a presença da planta no estômago da criança, o que indica que a droga foi triturada e misturada no alimento.

O delegado que investiga o caso, Marcos Frank disse que “na amostra de sangue e no sugo gástrico da Kethelly atestou presença de maconha”.

A mãe da criança ainda não se manifestou sobre o assunto.

Compartilhe:

Publicidade
Publicidade

Você sabe o que é feminicídio?

O restaurante de comida havaiana do ex-masterchef Ravi

Conheça o lavandário de Cunha

ASMR: O fenômeno do "orgasmo mental"

Publicidade