Deputado que quebrou placa de Marielle usa peça como ‘decoração’

Rodrigo Amorim (PSL-RJ) foi o deputado mais votado no Rio com apoio de Bolsonaro.

Por: Redação
Crédito: Reprodução: O GLobo/ Foto de leitorRodrigo Amorim (PSL-RJ), que quebrou placa em homenagem a Marielle Franco, usa peça para “decorar” seu gabinete na Alerj

Rodrigo Amorim, um dos homens que quebrou a placa que homenageava Marielle Franco – vereadora carioca assassinada em um caso ainda não solucionado pela justiça – agora ocupa o cargo de deputado estadual do Rio de Janeiro e usa parte da peça para “decorar” seu gabinete.

A denúncia foi feita por um leitor do jornal O Globo, que fotografou o local.

Amorim, que é do PSL, partido do presidente, foi eleito o deputado mais votado para a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro com o apoio de Jair Bolsonaro.

Em 2018 manifestantes colocaram a homenagem à Marielle sobre a placa da Praça Marechal Floriano, que ficam em frente à Câmara Municipal do Rio. À época, Rodrigo postou fotos após arrancar e quebrar a placa, justificando que estava “restaurando a ordem”.

deputados psl marielle franco
Crédito: Reprodução/FacebookApós quebrar placa, Amorim (PSL-RJ) foi eleito o deputado mais votado do Rio com apoio de Bolsonaro

Procurado pelo O Globo, o deputado afirmou que a manifestação com a peça emoldurada é feita: “na privacidade do meu gabinete” e completou que: “O fragmento da falsa placa é o símbolo da restauração da ordem no Rio de Janeiro”. Leia a matéria completa.

Compartilhe: