Últimas notícias:

Loading...

Eduardo Bolsonaro detona Maju Coutinho por defender forma de salvar vidas

O filho do presidente não gostou da jornalista ter defendido, ao vivo, medidas de controle de circulação para controlar a pandemia

Por: Redação
Ouça este conteúdo

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) criticou, nesta quarta-feira, 17, a jornalista Maju Coutinho, apresentadora do ‘Jornal Hoje’, na TV Globo, por defender medidas restritivas de circulação para conter o avanço e agravamento da covid-19 no país.

Eduardo Bolsonaro e Maju Coutinho
Crédito: ReproduçãoEduardo Bolsonaro detona Maju Coutinho por defender forma de salvar vidas

Ao falar sobre o assunto, enquanto apresentava o ‘Jornal Hoje’, Maju Coutinho disse que especialistas defendem a medida de forma unânime e que “o choro é livre”.

Em seu perfil do Twitter, o filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) rebateu Maju e atacou a Globo. “Do alto de sua arrogância global e de seu alto salário, Maju Coutinho defendeu lockdowns e debochou de quem precisa trabalhar para não passar fome”, escreveu o parlamentar.

“Segundo Maju, se você não pode ficar em casa, ‘O CHORO É LIVRE, É ISSO QUE TEM’. É esse o tipo de gente que nos ataca na GLOBO LIXO”, complementou Eduardo Bolsonaro.

Assim como o seu filho, Bolsonaro é contra o fechamento dos serviços, comércio, indústria, mesmo que especialistas defendam a medida como forma mais eficaz, além da vacina, para contenção da pandemia. Eles desconsideram que a medida deu certo em países que a adotaram de forma ágil e organizada.

A Globo se manifestou sobre o assunto, nesta quarta-feira, 17, e saiu em defesa de Maju Coutinho. Para a emissora, por mais duras que tenham sido as palavras da apresentadora do ‘Jornal Hoje’, elas foram necessárias e reforçam que a jornalista também torce para que o governo auxilie os empresários e famílias do Brasil.

Em nota enviada à Coluna Leo Dias, no portal Metrópoles, a Globo escreveu: “Maria Julia Coutinho quis dizer ontem que, por mais amargas que sejam, as medidas de isolamento social são necessárias. Sobre a dor daqueles que precisam manter seus negócios fechados, assunto abordado no Jornal Hoje desta quarta-feira, Maria Julia Coutinho disse ao final da reportagem: ‘Desejo também agilidade do governo e do Congresso para atender os empresários e também as famílias que estão aguardando auxílio emergencial’”.