Últimas notícias:

Loading...

Eduardo Bolsonaro diz ser vítima de fake news da ‘grande imprensa’

Deputado federal afirmou que ele e seus irmão, Flávio e Carlos, não são investigados pela Polícia Federal

Por: Redação

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) usou o seu perfil no Twitter para dizer que ele, o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) e o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) não são investigados e, consequentemente, não teriam interesse em agir para impedir o trabalho da Polícia Federal.

De acordo com o parlamentar, os brasileiros já estão cientes que a verdadeira propagadora de fake news é a grande imprensa. Abaixo, assista ao vídeo.

“O que existe é aquela CPMI da Fake News”, disse, “aquele circo armado”.

Eduardo afirmou que o presidente fará uma boa escolha, alinhado com a vontade popular representada por 57 milhões de votos em 2018.

“Queremos pessoas que estejam à frente da segurança pública que sejam armamentistas, que não fiquem fazendo média com a esquerda”, afirmou.

Saída de Moro

Bastidores de Brasília apontam que a decisão do Bolsonaro de exonerar Valeixo, embora ventilada desde a última quinta-feira, não foi informada oficialmente a Moro, nem “a pedido” do diretor-geral, como aparece no ato de exoneração, o que fortalece sua indignação e deve precipitar sua saída do governo, segundo o “Estado”.

O ex-juiz da Lava Jato, surpreendido pela publicação da exoneração nesta madrugada, já que negociava ainda com o presidente sua manutenção no ministério. Sua condição para se manter no governo Bolsonaro era justamente a permanência de Valeixo no comando da PF.

Compartilhe: