Últimas notícias:

Loading...

Eduardo Bolsonaro posta charge de ‘Zé Gotinha miliciano’ e é detonado na web

Inicialmente o filho do presidente usou a frase “Nossa arma agora é a vacina!”. Após repercussão, ele mudou a legenda

Por: Redação
Ouça este conteúdo

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) foi detonado redes sociais ontem, 12, após publicar uma imagem com o personagem símbolo das campanhas de vacinação no Brasil, o Zé Gotinha, segurando uma seringa como fuzil. “Nossa arma é a vacina!”, diz a legenda da charge.

Internautas também acusaram o filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partirdo) de mudar a legenda da imagem.

Zé Gotinha
Crédito: Reprodução/Twitter Charge do Zé Gotinha miliciano, publicada por Eduardo Bolsonaro, revoltou a web

Inicialmente a frase usada por Eduardo teria sido: “Nossa arma agora é a vacina!”.

O youtuber Felipe Neto, que está sendo processado por Carlos Bolsonaro, irmão de Eduardo, comentou no Twitter: “O Eduardo Bolsonaro colocou um fuzil na mão do Zé Gotinha. Um fuzil. E ainda tem gente que tem dificuldade em ver que lado tá errado”.

Criador do Zé Gotinha indignado

Em entrevista à jornalista Cynara Menezes, da revista Fórum, o criador o Zé Gotinha, em 1986, durante o governo José Sarney, o artista plástico Darlan Rosa, disse estar “indignado e assustado” com o desenho divulgado por Eduardo Bolsonaro.

“O Zé Gotinha é um personagem do bem, criado com fins educativos. Colocá-lo com uma arma na mão é um péssimo exemplo que se pode dar a uma criança. Apologia de arma é coisa séria”, lamentou Darlan, que tem 74 anos e mora em Brasília. Ele contou que recebeu a primeira dose da vacina contra o coronavírus ontem (leia a íntegra da entrevista aqui).

Compartilhe: