Eduardo Bolsonaro relaciona feminicídio ao porte de armas e paga mico

Não precisa ser nenhum gênio para saber que o que o deputado falou é um absurdo. Com o perdão do trocadilho, ele deu um verdadeiro tiro no pé

Por: Redação | Comunicar erro

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) passou vergonha nesta quinta-feira, 13, ao relacionar feminicídio com o porte de armas em post feito no Twitter.

Na tentativa de convencer seu eleitorado que o porte de armas poderia diminuir os números de feminicídio do Brasil, o filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL) deu um tiro no próprio pé.

O que o porte de armas nos EUA tem a ensinar para o Brasil?

eduardo bolsonaro
Crédito: reproduçãoEduardo Bolsonaro passa vergonha ao relacionar feminicídio ao porte de armas

“Por um lado reclamam do feminicídio, alegam que homem é mais forte e subjuga a mulher. Por outro querem impedir as mulheres de ter arma. Vai entender a cabeça de esquerdista”, escreveu o político.

Ora, não precisa ser nenhum gênio para saber que o porte de armas não vai garantir segurança à mulher dentro de casa. Estudo assinado pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) sobre o Atlas da Violência no Brasil mostra que, entre 2007 e 2017, o assassinato de mulheres por arma de fogo aumentou mais dentro do que fora de casa: 30% dentro de casa e 17,5%, fora.

Quando Eduardo Bolsonaro defende o porte de armas para mulheres, ele não está preocupado com a segurança da mulher. Ele está preocupado simplesmente em assinar o decreto. Tenta persuadir seu eleitorado com a justificativa torpe de uma suposta proteção feminina. Balela! Os dados estão aí para provar que, quando se tem arma de fogo envolvido, a que mais se prejudica é a mulher.

A afirmação de Eduardo Bolsonaro, com o perdão do trocadilho, saiu como um verdadeiro tiro no pé do parlamentar. E os internautas não deixaram passar batido:

1 / 8
1
02:09
Maioria reprova mudanças para o trânsito propostas por Bolsonaro
De acordo com uma pesquisa Datafolha, divulgada neste domingo, dia 14, a maioria da população reprova o projeto de lei …
2
02:00
Jair Bolsonaro volta a defender filho Eduardo na embaixada nos EUA
Alvo de críticas desde a última semana por indicar Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para a embaixada do Brasil nos Estados Unidos, …
3
04:13
Eduardo Bolsonaro ganha bolsa embaixada de seu pai
O presidente Jair Bolsonaro disse em entrevista que pretende indicar seu filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro, como embaixador do …
4
06:27
Previdência: entenda como pode ficar a sua aposentadoria
A Câmara dos Deputados aprovou com 379 votos o texto-base da reforma da Previdência. No entanto, a proposta ainda pode …
5
01:58
Desastre na Bahia: Barragem se rompe e moradores deixam suas casas
Uma barragem se rompeu na cidade de Pedro Alexandre, a 435 quilômetros de Salvador, na Bahia, na manhã desta quinta-feira, …
6
16:59
Glenn no Senado: confira os principais momentos do depoimento
O jornalista Glenn Greenwald, editor do portal The Intercept Brasil, foi ao Senado prestar esclarecimento sobre o vazamento das mensagens …
7
03:14
Dimenstein: Por que eu defendo a reforma da previdência?
A Câmara aprovou nesta quarta-feira, 10, o texto principal da reforma da Previdência. O placar foi de 379 votos a …
8
03:22
Dimenstein: por que eu defendo Tabata Amaral?
Em meio à polêmica envolvendo a votação pela reforma da Previdência, que aconteceu nesta quarta-feira, 10, no plenário da Câmara, …