Em Belém, hospital nega atendimento e mulher dá à luz na rua

Funcionários disseram que não havia médicos e leitos na unidade

Por: Redação

Na madrugada do último domingo, 17, a dona de casa Taynara Cristina Rodrigues, de 21 anos, deu à luz a seu terceiro filho a poucos metros do Hospital Ordem Terceira, em Belém (PA), após a unidade recursar atendimento. Apesar de ser particular, o hospital tem convênio para atender pacientes pelo SUS.

mulher dá à luz na rua em Belém (PA)
Crédito: ReproduçãoMulher ganha bebê a poucos metros de hospital após o mesmo dizer que não havia médicos e leitos

Segundo o blog Universa, do UOL, a jovem entrou em trabalho de parto na madrugada de domingo e foi a esse hospital com a mãe, que é o mais perto de onde mora. Mas chegando lá, funcionários disseram a ela que não havia médicos ou leitos.

Taynara e a mãe começaram a ir para outro local onde poderia ter o bebê, mas não deu tempo. Ela começou a sentir dores e deu à luz na calçada, por volta de 4h30. “Ele ficou com a mãozinha roxa devido ao frio”, relatou a irmã da jovem, que também contou que Taynara desmaiou após ter o bebê.

O diretor do hospital em questão negou que faltava médicos e leitos na unidade e disse que vai apurar a informação equivocada” que foi passada à jovem. Ele também contou que médicos do hospital buscaram a jovem na calçada e a internaram. A Secretaria Municipal de Saúde de Belém, Ministério Público e Conselho Regional de Saúde também investigam o caso.

O bebê Emanuel nasceu com 3,3 quilos sem complicações na hora do parto. A mãe também passa bem. O vídeo que circula nas redes sociais do momento do parto foi feito por um vigilante que fazia ronda no local.