Em Londres, políticos não têm direito a carro oficial, apenas vale-transporte

A regra tem como objetivo fazer com que os governantes utilizem o transporte público

Por: Redação

Por que motivo personalidades brasileiras que são vistas utilizando o transporte público viram notícia? Por que isso não é comum. Se pensarmos apenas em políticos, que ganham carros oficiais para se locomoverem, a ideia parece ainda mais surreal.

reprodução ciclovivo
Este é o prefeito de Londres, Boris Johnson, indo de metrô ao trabalho.

Mas não é em todo lugar que isso acontece. Em Londres, a London Assembly, uma espécie de Câmara dos Vereadores, não disponibiliza automóveis oficiais às autoridades locais. Os políticos recebem apenas um vale-trasporte para que se desloquem diariamente utilizando o transporte público. O maior exemplo disso é justamente o prefeito Boris Johnson, que costuma usar o metrô ou a bicicleta para ir diariamente ao trabalho.

Aliás, Johnson é um dos principais símbolos mundiais de políticos que incentivam o cicloativismo e o uso da bicicleta como meio de transporte. Quando a capital inglesa iniciou o sistema de compartilhamento de bicicletas, uma imagem do prefeito usando capacete e pedalando sua bike com uma mochila nas costas foi usada para divulgar o programa.

E não se trata apenas de gosto pessoal. O não financiamento de automóveis para uso particular é regra em Londres. “O prefeito e os membros da London Assembly têm o compromisso de usar o transporte público”, diz a norma da prefeitura. Além disso, até mesmo os reembolsos pelo uso de táxi somente são feitos caso prove-se que o funcionário não pôde utilizar uma opção mais barata.

Tudo bem que a grande maioria das cidades brasileira não tem a infraestrutura de transporte público semelhante à londrina. Mas já imaginou se as pessoas que tomam as decisões soubessem como é ser um usuário de transporte público?

Via Ciclovivo.

1
Bolsonaro deixa o PSL para fundar um novo partido político
O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta terça-feira, 12, que vai deixar o Partido Social Liberal (PSL) após quase dois anos …
2
Entenda a crise política na Bolívia em 8 minutos
Após 13 anos no poder, o presidente boliviano Evo Morales renunciou ao cargo no último domingo, 10, em meio a …
3
DPVAT e INSS: os impactos das medidas de Bolsonaro para a população
O presidente Jair Bolsonaro assinou duas medidas provisórias (MPs) que prometem mudar a vida dos brasileiros. O anúncio foi feito …
4
O retrato da violência doméstica no Brasil
Cerca de 13 mulheres são assassinadas todos os dias no Brasil.  Em uma conta rápida, isso significa 4.750 mortes por …
5
O ambicioso plano de Paulo Guedes para a economia do Brasil
“Transformar o Estado Brasileiro” é o que pretende o ministro da Economia, Paulo Guedes, com o pacote de ações que …
6
O que acontecerá com Lula e outros presos após a decisão do STF?
Por 6 votos a 5, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu mudar o entendimento sobre a prisão de condenados em …
7
03:52
No Brasil, 13,5 milhões de pessoas vivem na pobreza extrema
Dados da última edição da Síntese de Indicadores Sociais do IBGE, que analisa a qualidade de vida da população, mostra …
8
03:58
Por que o câncer do prefeito de SP está cada vez mais comum ?
Diagnosticado com um tumor no sistema digestivo, aos 39 anos, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), apresenta um …