Emicida denuncia preconceito nas redes sociais e questiona racismo no Brasil

Confira relato do rapper Emicida sobre episódio de racismo sofrido nas ruas de São Paulo

Por: Redação

“500 anos de Brasil e o Brasil nada mudou”. O trecho da música “A Vida é Desafio” do grupo paulistano Racionais MC’s, 17 anos depois de ser lançada, reflete ainda hoje, em tom de denúncia, o cenário de um Brasil incapaz de compreender os erros do passado.

Carrega assim não só o peso da culpa pelo histórico escravocrata, como faz valer a herança racista em ações do dia a dia: do preconceito na TV ao genocídio da juventude negra e pobre (77% das vítimas de homicídio no Brasil), a carne mais barata do mercado ainda é a carne negra.

Na última terça-feira, o rapper Emicida usou as redes sociais, no caso o Facebook, para fazer uma denúncia de racismo sofrida por ele e por um amigo nas ruas da capital paulista. O texto registrou um caso típico de racismo quase sempre naturalizado seja no convívio social, no trabalho, escola e outras recorrentes situações.  Confira abaixo o relato:

Compartilhe: